O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Violência nos estádios

A potencialidade de desenvolvimento do país impressionou Stefan Zweig por sua constante promessa de evolução, que profetizou: "Brasil, o país do futuro". Contudo, quando se observa o lastimável índice de violência nos estádios de futebol brasileiros, nota-se que essa profecia não se concretizou. Visto que, é um retrocesso comportamental e também de segurança pública, sendo inaceitável para um país que é conhecido mundialmente por ser o "País do futebol".

Vale ressaltar um incidente que repercutiu em 2017, que foi o caso do goleiro Aranha, do Santos, que sofreu racismo por uma torcedora do time adversário. Todavia, essa situação foi apenas uma entre os demais casos de racismo com os jogadores e entre as torcidas. Além do racismo, outros casos de violência como xenofobia, agressões verbais e físicas, machismo, assédio, também são corriqueiras dentro dos estádios. Segundo dados do G1, apesar dos diferentes tipos de violência, apenas 3% dos delitos são julgados e punidos. Isso caracteriza a insegurança dentro dos estádios, na qual era pra ser um lugar de entretenimento, onde os cidadãos pudessem torcer pacificamente pelo seu time.

Segundo pesquisas do DataFolha, o Brasil é um dos países que mais ocorre mortes nos estádios por torcidas organizadas. Esses dados alarmantes, é uma das grandes causas que dificultam o desenvolvimento do esporte brasileiro. Além de ser contra a Constituição Federal que em seu 6º artigo assegura a população brasileira o direito de ter acesso ao lazer e a segurança, mas o que vemos é a barbarie dentro dos estádios de futebol. Algumas medidas foram tomadas para a solução da problemática, ainda que incipientes e letárgicas, como o guia de segurança para o combate à violência, mas ainda há necessidade de melhorias.

Portanto, providências precisam ser tomadas para evitar que situações como essas continuem acontecendo. Urge o Ministério do Esporte em pareceria com a CBF assegurar a segurança nos estádios promovendo fiscalizações mais severas para que não haja objetos que possam ser usados com o intuído te ferir outro torcedor. Outra medida que pode ser tomada é a marcação de lugares nos estádios para os torcedores, colocar um sistema de câmeras a fim de promover a segurança do local, bem como facilitar a identificação de agressores. Por fim, outras medidas mais severas são, a proibição temporária dos torcedores causadores de algum tipo de violência de frequentar os estádios, bem como privar os times de jogar. Assim, com essas medidas se asseguraria o que está na Carta Magna, e para que consequentemente, haja dentro dos estádios apenas o clima esportivo e não o de violência.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!