O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Violência nos estádios

Euforia, motivação, entretenimento e respeito. Essas já foram características marcantes do futebol brasileiro que não encontram-se mais presentes nos estádios. Para mais, a violência tem sido protagonista nos centros esportivos, gerando uma problemática de segurança pública e de bem-estar societário.
A priori, podemos contrapor a então violência nos estádios com as lutas de gladiadores presentes na arena do Coliseu, durante a Roma Antiga. Esse primitivo entretenimento ao ser subjugado na contemporaneidade como brutal e desumano, correlaciona-se aos discursos de ódio, racismo, machismo e as depredações do espaço público, praticadas descomunalmente por parte das torcidas organizadas durante os jogos. O que fere o direito Constitucional do cidadão de "Ir e Vir", tal como priva a sociedade de uma confraternização agradável e segura.
Em segunda instância, temos que a hostilidade no meio futebolístico é um mau exemplo para crianças e jovens que utilizam do mesmo como meio instrutivo, de integração social e busca de melhores condições de vida. Indo, dessa forma, em contrapartida ao pensamento de Pitágoras que diz, "eduque as crianças, para que não seja necessário punir os homens" e dando parâmetro para o crescimento de uma população intolerante e sem autocensura.
Portanto, é preciso enfatizar campanhas midiáticas, principalmente nos grandes programas esportivos, propagando o respeito e a tolerância entre as torcidas e resgatando as boas características do país do futebol. As Federações Esportivas, por sua vez, em parceria com o público privado, podem investir em centros educacionais que estimulem o esporte como meio de convívio e inclusão. Ademais, medidas como o Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (GEPE), presente no Rio de Janeiro, e responsável por diminuir os delitos, devem ser adotado também em outras regiões do país pela Policia Militar, a fim desenvolver o bem-estar comunal.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!