O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Uso das redes sociais

As redes sociais vem ganhando cada vez mais espaço e importância no cotidiano das pessoas. Dessa forma, cada vez mais e mais pessoas, acabam aderindo a essa ferramente de comunicação, entretenimento e informação. A internet apresenta uma enorme quantidade de opção e for- matos de redes sociais. Algumas de tão famosas, acabam indo parar no judiciário, motivado muitas vezes, por uma série de denúncias e práticas de crimes.
As ações judiciais em torno das redes sociais geram muita repercussão no meio social. Algumas usuários, entendem como uma ação desne- cessária por parte dos operadores do direito, a completa interrupção dos serviços, motivado segundo o judiciário, pela prática de crimes nessas redes. Essas ações contra as redes sociais, segundo os magistrados, ocorrem pelo não fornecimento de informações, por parte das operadoras, sobre determinados assuntos ou pessoas, que muitas vezes estão praticando crimes, e acabam sendo protegidos pelo anonimato.
As informações e notícias acabam circulando com muitas velocidade através da internet, e as redes sociais auxiliam na transmissão dessas in- formações. Mas algumas pessoas, mal intencionadas, acabam usando esse recurso para a prática de crimes, dos mais diversos possíveis, tráficos de drogas, ofensas raciais e muitos outros. O anonimato, provocado por alguns perfis falsos de pessoas nessas redes, acaba disseminando a prá-tica desses crimes.
Além dos crimes praticados, muitas informações falsas circulam nessas redes, com os mais variados objetivos. Algumas informações são pos- tadas, com a intenção de provocar comoção pública, alertar sobre perigos ou produtos, provocando uma série de outros problemas, causando pre-juízos financeiros a pessoas ou até mesmo empresas.
Os órgãos de controle, tem papel fundamental nesse universo digital, atuando no combate da prática de crimes, cada vez mais comuns. Muitos desses crimes ainda não foram tipificados, carecendo de mais estudos nessa seara jurídica. O que fica claro nesse momento é que os crimes de- devem ser combatidos, mas sempre, as informações pessoais devem ser preservadas, o sigilo dos não envolvidos nos crimes, mas usuários, que nada tem haver com a prática de crimes, deve ser zelado.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!