O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

É notório que com a Revolução Industrial, ocorrida no século 19, com o fenômeno da urbanização e as constantes inovações nos setores industriais, tecnológicos e de serviços, durante as últimas décadas, exigiram cada vez mais a exploração dos recursos naturais.Por consequência disso, as mudanças climáticas estão mais expressivas, de modo que surgem desafios a serem enfrentados pelo Poder Público e pela sociedade brasileira.Dentre os principais embates, temos a má gestão dos recursos hídricos e a insustentabilidade do estilo de vida da maioria da população.
Sabe-se que a água é o recurso natural mais abundante na Terra e essencial para a vida humana.Contudo, a falta de um administração eficiente desse elemento atrelado ao aumento da temperatura tem gerado um estresse hídrico em quase todo o território.Prova disso foi a escassez de água que atingiu São Paulo, entre 2014 e 2015, uma vez que o Sistema da Cantareira não sofreu uma reestruturação adequada para atender o crescimento populacional da região.Dessa forma, fica evidente a importância de uma boa gestão e manejamento correto desse recurso para prevenir casos como já citados em períodos que as estiagens cada vez mais prolongadas afetam grande parte do país.
Além disso, é de relevância destacar que o enfrentamento dos desafios impostos pelas mudanças climáticas é responsabilidade não somente governamental, como também cidadã.Entretanto, o consumismo, o uso irracional da água e o despejo inadequado do lixo são exemplos atitudinais de muitos brasileiros.Esses problemas são resultados de uma ausência de conscientização sobre as suas consequências para a vida humana e meio ambiente.Dessa forma, urge a necessidade de maiores incentivos as ações sustentáveis, como a prática da coleta seletiva e ações para reduzir o desperdício de água.
Cabe, portanto, ao Ministério do Meio Ambiente, em parceria com empresas públicas e privadas, promover uma reavaliação da infraestrutura dos sistemas de abastecimento e distribuição de água no país, a fim de atender as novas demandas urbanas, por meio de pesquisas e reuniões que contem com a participação de biólogos, geógrafos, engenheiros, entre outros profissionais.Ademais, as escolas e universidades, devem por meio de campanhas e palestras ministradas com apoio de ambientalistas e economistas, com intuito de conscientizarem a população sobre os risco que o consumo exagerado e o acúmulo de lixo trazem a sociedade e ao meio ambiente.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!