O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

A descriminalização do aborto

Um dos maiores argumentos contra a prática do aborto é o direito à vida: o debate sobre o tema é encarado de diferentes formas pelas entidades religiosas e a bancada religiosa na política, havendo a questão criminal aplicada e em sua proibição em conjuntura legal, porém, é fato que sua proibição não resulta na redução em casos de aborto em todo o Brasil.
Sob essa ótica, o fato da prática do aborto não ser legal no Brasil, não impede que ocorra abortos clandestinos, onde mulheres interrompem suas gravidezes em total descaso e precariedade de saúde, acarretando em milhares de mortes.
A partir disso, pode-se observar que mulheres periféricas, pobres e as margens da sociedade são as vítimas da clandestinidade e mortes por abortos mal sucedidos, pois ainda que não seja legal, clínicas particulares realizam abortos bem sucedidos, não colocando a vida de mulheres com maior poder aquisitivo em risco.
Na atual conjuntura brasileira, de acordo com a professora de Direito Constitucional Vera Karam, a questão do aborto não deve se entrelaçar entre política e religiosidade, pois não comporta o pensamento religioso à decisões que afetam toda sociedade.
Em suma, é necessário que haja um desmembramento do pensamento político-social e religioso, para visar uma decisão benéfica para a sociedade. Vale também a necessária fiscalização de clínicas de abortos clandestinos, retirando a vida de mulheres brasileiras do risco. O apoio através de políticas públicas para mulheres grávidas é necessário, para sucumbir suas necessidades e tratar o aborto como uma questão de saúde pública.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!