O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

O termo refugiado é utilizado para as pessoas que se encontram fora do seu país de origem por medo de perseguição por motivos de raça, religião, nacionalidade, conflitos armados ou opinião política. No panorama atual, o Brasil vem recebendo muitas dessas pessoas, a maioria vinda dos países do Oriente Médio e dos vizinhos como a Venezuela. Apesar da política acolhedora da nossa nação ainda falta uma estrutura adequada para receber essa gente, além do que muitos deles sofrem com o problema da xenofobia por parte da população local.

Em primeira análise, cabe pontuar que diferente da Europa, os asilados que chegam ao país não recebem uma casa ou auxílio financeiro até reorganizarem sua vida. Comprova-se isso por meio de uma pesquisa realizada pelo Conare (Comitê Nacional para os Refugiados) onde cerca de 60% dos refugiados não tem um emprego formal e 35% vivem em abrigos ou nas ruas. Dessa forma vê-se que é tudo por conta deles que, muitas vezes, ficam abandonados à própria sorte até conseguirem ajuda.

Ademais, convém frisar que apesar da fama de ?cordial? e de receber bem os asilados, houve um aumento das denúncias de casos de xenofobia o que nos mostra um lado triste do Brasil. Uma prova disso é que entre 2014 e 2015, os casos aumentaram 633%, pulando de 45 para 333 registros recebidos pela secretaria Especial dos Direitos Humanos. Isso muitas vezes acontece por falta de punição aos xenófobos.

Medidas, portanto, são necessárias para atenuar a problemática. É imprescindível que o Conare junto com a União, instituam um programa de bolsas, com intuito de fornecer moradia e um auxílio financeiro até esses estrangeiros se estabilizarem no Brasil. Além disso, é essencial que o Ministério da Justiça promova campanhas que incentive as pessoas que sofreram xenofobia, a denunciarem e terem conhecimento dos seus direitos, veiculando essas campanhas nas principais mídias nacionais.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!