O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Tema: Alimentação irregular e obesidade no Brasil

"Eu acredito que podemos mudar o mundo através da alimentação". A frase é de Bela Gil, chef e nutricionista, fundamentando a escolha de sua dieta em meio a tanto desequilíbrio nutricional. O excesso de peso vem ganhando números cada vez maiores no Brasil, caracterizados ao contexto de correria no cotidiano - a pressa se torna se torna essencial para compreender a modernidade, como disse o sociólogo alemão Hartmut Rosa.
Em primeiro lugar, é importante analisar o sucesso de refeição nada benéfica. Vítima da aceleração do mundo moderno, a alimentação tem se resumindo a produção do mundo moderno, a alimentação tem se resumindo a produtos industrializados e aos famosos fast-foods, não tão saudáveis e pouquíssimos nutritivos. Ademais as crianças são os principais alvos, pois estão cada vez mais paradas ao invés de está correndo, gastando energias, passam a maioria do tempo assistindo TV ou jogando em seus aparelhos tecnológicos. A falta de tempo, a preguiça e má alimentação refletem no sedentarismo das pessoas.
Dentre desses efeitos, sabe-se que o excesso de peso é apenas o inicio de uma variedade de problemas. De acordo com o Ministério da Saúde, o número de pessoas acima do peso no Brasil atinge os 53% em 2016. Em consequência disto, há fatores psicológicos, hipertensão, diabetes e entre outros. Percebe-se assim, certa urgência na adoção de medidas para esse cenário.
Portanto, é preciso sair da inercia onde a sociedade brasileira está comodamente inerte em relação a problemática da obesidade. É imprescindível uma reeducação alimentar na escola , com palestras de nutricionistas e até aulas de gastronomia, a fim de tratar o problema desde a base. A mídia e a família devem trabalhar a valorização da comida saudável, por meio de conversas, debates e campanhas. Dessa forma com orças vindas de várias camadas, será o ingrediente principal para o fim da inercia.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!