O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Cotas Raciais

O sistema de cotas foi criado nos Estados Unidos em 1960, com o intuito de amenizar a desigualdade no país, tentando colocar negros e brancos no mesmo patamar, ou seja, para que ambos, independente de cor ou raça, possam concorrer em igualdade à uma vaga na universidade. É preciso que haja uma reserva de vagas para negros nas faculdades, pois são mais de 500 anos de dessemelhança, lutando por igualdade e reconhecimento de que todos são iguais, independente de cor ou raça, como consta na constituição.
A lei que aprovou as cotas foi autorizada no Brasil em 2000 e, logo depois, entrou em vigor. A primeira faculdade a adotar este sistema foi a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) em 2003. Entretanto, o objetivo é igualar a concorrência entre negros e brancos, para que ambos concorram em igualdade à uma vaga no ensino superior, pois, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mais de 80% dos alunos das universidades são brancos, o que nos dá uma noção de quanta disparidade ainda há no Brasil.
Sendo assim, as cotas estão presentes na maioria das escolas de nível superior, com o objetivo de amenizar a desigualdade nas faculdades. Afinal de contas, são mais de 500 anos de diferença em um país em que a maioria são negros, embora ainda haja muita disparidade, e o segundo país do mundo em que a maioria são afrodescendentes, ficando atrás apenas da Nigéria.
É preciso que haja conscientização a respeito do que são as cotas e como podemos melhorá-la, todos juntos, sociedade, ONGs, e principalmente o governo. Diante de tudo o que foi supracitado, o governo pode investir neste sistema aprimorando-o, liberando mais verba e investindo no ensino médio desde cedo. Sendo assim, a população pobre e negra chegará mais preparada para concorrer a uma vaga na universidade e sairá de lá bons profissionais, para que possam futuramente ajudar suas comunidades, pois, diante disso, viveremos em um país melhor, com direitos iguais para todos, independente de cor ou raça, como consta na Constituição.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!