O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Na série televisiva "Os 13 porquês" é abordado como a prática do bullying é prejudicial à saúde dos estudantes e como é importante combate-la. Sendo assim, o problema deve ser discutido, porém, tal ação ainda é frequente nas escolas brasileiras. Nesse contexto, deve-se analisar como a globalização e o egocentrismo causam tal impasse.
A globalização é o principal responsável pela prática de bullying nas escolas brasileiras. Isso porque, a partir de 1970, o mundo observou uma crescente necessidade de capacitação da mão de obra para melhor se adequar ao mercado de trabalho. Por consequência disso, o ambiente nos colégios é cada vez mais competitivo levando os professores a serem sempre mais técnicos observando, somente, o desempenho intelectual dos estudantes e não prestando atenção no seu comportamento para com outros alunos. Não é à toa que quase a totalidade dos casos de bullying o corpo docente da instituição de ensino não toma nem conhecimento.
Além disso, nota-se, ainda que o egocentrismo também é responsável pelo impasse. De acordo com Bauman, o egocentrismo e o individualismo, comuns a pós modernidade, faz com que nós não vejamos o outro como ser humano. Desse modo,as crianças se importam cada vez mais consigo mesmas e com suas independências, não demonstrando atenção com os sentimentos de outras. Por exemplo, é comum a pratica de bullying pela simples falta de empatia servindo apensas de diversão para quem o pratica. Consequentemente, aumentaram os índices de depressão nas crianças e adolescente chegando até em alguns casos de suicídio.
Fica claro, portanto, que a prática do bullying deve ser combatida. O Ministério da Educação deve estabelecer às instituições de ensino um estudo mais humanizado orientando, para isso, a elaboração de palestras para os docentes afim de direciona-los ao intuito de serem mais atentos com o dia a dia dos alunos. Ademais, a Secretária Nacional em direitos das crianças e adolescentes deve realizar campanhas direcionadas aos pais com finalidade de haver uma maior participação desses na vida acadêmica dos filhos, ensinando-os sobre ética e cidadania diminuindo, assim, a individualização. Dessa forma, essas intimidações deixarão de fazer parte dos colégios do Brasil.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!