O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

A disseminação do crack é um mal que assola a sociedade e que precisa ser freado. Isso passa pela pouca fiscalização da polícia, o que propicia o surgimento das bocas de fumo. Além disso, prende-se muitos usuários e poucos traficantes, o que mantém a fonte do tráfico imune. Por fim, a falta de medidas de ressocialização permite que usuários sejam discriminados.
É de conhecimento geral que são em ruas e em festas públicas que ocorrem os maiores consumos de drogas ilícitas, dentre elas o crack. Isso relaciona-se diretamente com a fiscalização permissiva da polícia, que permite o ingresso dos usuários nesses locais. Além disso, é comum a ocorrência de assaltos à cidadãos comuns, de modo a conseguirem recursos para sustentarem seus vícios.
Outrossim, o pouco policiamento existente concentra-se nos usuários e não nos traficantes, que comandam o tráfico. No entanto, a pouca utilização de serviços de inteligência e o uso de equipamentos defasados, que não acompanharam as inovações tecnológicas decorrentes da Revolução Técnico-científica, impedem o enfrentamento às facções, que se utilizam de munições avançadas.
Ademais, segundo Immanuel Kant, "o ser humano é aquilo que a educação faz dele". Em vista disso, a precária educação, seja dos pais ou das escolas, permite a entrada nesse mundo, e as péssimas medidas de ressocialização impedem a saída. Tudo isso acarreta na perda de mentes que poderiam ser brilhantes e que poderiam formar uma sociedade melhor.
Em vista dos argumentos apresentados, é necessário que a Polícia Militar impeça o consumo de drogas, realizando mais fiscalizações e rondas, de modo a evitar o surgimento de bocas de fumo. Além disso, o Ministério da Ciência e da Tecnologia, em parceria com o Ministério da Justiça, devem buscar a utilização de serviços de inteligência em operações e de equipamentos mais novos, investindo na ciência, de modo a desenvolver métodos eficazes, e na compra de novos equipamentos mais poderosos que os dos traficantes. Ademais, é desejável que o Governo Federal e a mídia quebrem o preconceito existente contra ex-usuários, com o primeiro melhorando as medidas de ressocialização, e a segunda veiculando propagandas que mostrem que os egressos também têm valor.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!