O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

A homossexualidade e o preconceito como problema social.

Dandara dos Santos, uma travesti da cidade de Fortaleza no Ceará foi brutalmente espancada até a morte, o motivo é o preconceito e intolerância á opção sexual da mesma. O vídeo que foi gravado por um dos agressores e rapidamente viralizou na internet, deixou todos estarrecidos e assustados com a tamanha barbaridade.

Dados do GGB ( Grupo gay do Brasil)também apontam que a cada 25 horas uma pessoa entre os LGBT´S(Lésbica,gay,bissexuai,transsexual, e travesti) é assassinada,vítima de violência homofóbica . Além dessas que levam a óbito, os números de LGBT`S que sofrem constrangimentos e até mesmo atentados contra a vida dentro do ambiente familiar também é alarmante.

Em virtude disso na Bahia e também na cidade de São de Paulo já foram inauguradas casas abrigos, espaços voltados para acolhimentos de homossexuais que foram expulsos ou não se sentem seguros em permanecerem na suas casas . As famílias tem certa resistência em lidar com homossexualidade, por não verem esse tipo de relação como algo natural e consideram isso um comportamento promíscuo e imoral.

Deste modo criminalizar a homofobia é o primeiro passo rumo a erradicação e punição desse tipo de violência. Isso coibirá possíveis ataques e agressões aos LGBT´S. Já que atualmente não existe nenhuma lei que os protege diretamente por sua opção sexual.

"Todo preconceito é fruto de burrice,da ignorância,e qualquer atividade cultural contra o preconceito é válida",já dizia Paulo Autran,logo faz se necessário campanhas educativas,palestras nas escolas ,debates sociais entre comunidades LGBT´S e familiares,amigos afim de promover a paz ,o respeito e a isonomia ao homossexual na condição de ser humano.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!