O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

(Sobre) vivência nas redes
O renomado filósofo inglês Bertrand Russell declarou que a mudança é indubitável, mas o progres-
so é uma questão controversa. De fato, ocorreram modificações acerca do fundamento da utilização
virtual na sociedade brasileira, entretanto, ainda é recorrente as manifestações de intolerância sobre aconteci-
mentos e opiniões divergentes. Nesse viés, cabe salientar não somente a injúria existencial devido ao uso malé-
fico da liberdade de expressão, mas também o preconceito sobre o pronunciamento das manifestações sociais.
Em um primeiro momento, é necessário trazer à luz o descompasso em ter liberdade de opinar e agredir o pró-
ximo. Em 1969, auge da guerra fria, foi criada a internet, nos Estados Unidos, que tinha a função de interligar
laboratórios de pesquisas, contudo com sua grande praticidade, a internet foi disseminada no mundo juntamente
com a chegada das redes sociais. Pode-se depreender acerca disso que, apesar do mundo virtual ter encurtado
distâncias, também foi um grande aliado para a propagação intensificada da intolerância. Por conseguinte, é notá-
vel que muitas pessoas desrespeitam e agridem o outro com a utilização de argumentos de que possuem o direito
de se expressarem de tal forma mesmo que oculte a ética social e tolerância ao próximo. Nesse sentido, é válido
destacar que há bens que vêm para o mal.
A intolerância, em paralelo, com os próprios movimentos sociais também deve ser mencionada. Presença do
racismo, sociedade machista, avanço da homofobia --- esse quadro demonstra alguns dos motivos pelos quais
ainda há barreiras para o alcance da igualdade entre indivíduos, que apesar da existência da luta pela minoria para
adquirir espaço no universo social, os próprios são vitimizados e inferiorizados por pertencerem a esses grupos com
seus pronunciamentos virtuais. Tal realidade pode ser justificada com a classificação que o sociólogo polonês Zygmunt
Bauman atribui a sociedade como líquida, pois seus valores encontram-se cada vez mais diluídos, haja vista o precon-
ceito e a injúria sobre os que se manifestam diferentemente dos padrões propostos pelos dominantes. Dessa maneira,
a reflexão sobre a disseminação da injúria torna-se importante para a integração dos indivíduos.
É perceptível, portanto, que a questão da intolerância virtual requer certos cuidados. Mediante a isso, a propagação
de debates em grupões de alunos e professores que versam sobre os limites entre a liberdade de expressão em função da
intolerância ao próximo feito por iniciativas públicas e privadas, criará gerações que sabem respeitar opiniões e casos di-
vergentes no ambiente virtual e real. Aliado a isso, a criação de aplicativos de denúncia sobre qualquer tipo de preconceito
nas redes feito por universitários e profissionais especializados, promoverá maior rapidez na resolução dos problemas,
além de estabelecer um ambiente mais igualitário. Afinal, de acordo com a perspectiva de Russell, o progresso será perma-
nente com indivíduos cientes de que o mundo virtual não precisa ser um meio de discórdia, mas sim da união e perseverança
social.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!