O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

A questão da mobilidade urbana é um dilema enfrentado no espaço geográfico brasileiro, com cada vez mais veículos individuais "inchando" as ruas das grandes cidades. Isso é reflexo da indústria automobilística que está presente no Brasil desde o início do século XX. O problema torna-se ainda mais grave, quando dados comprovam de acordo com o site Observatório das Metrópoles em que o número de veículos automotores no Brasil é dez vezes maior que o aumento da população.
Durante o governo de Juscelino Kubitschek foi incentivado o modelo desenvolvimentista do país, no qual foi amplificado o poder aquisitivo da população, a fim de estimular a compra de veículos particulares. Com isso, o que se nota a todo instante nas grandes metrópoles são pessoas que se deparam diariamente com grandes congestionamentos, trânsitos caóticos ocasionados pela grande quantidade de veículos automotores, acarretando grandes dificuldades de locomoção, afetando diretamente na qualidade de vida da sociedade.
Ademais, é importante falar sobre as grandes proporções que a mobilidade urbana vem tornando no Brasil e no mundo . A falta de planejamento e de investimento em infraestrutura dos transportes públicos com altas taxações tem influenciado de forma negativa o deslocamento das pessoas aos seus destinos, levando-as a usar os veículos particulares, além de causar vários problemas ambientais, chuva ácida, ilhas de calor, alta temperatura devido à grande emissão de gás carbônico na atmosfera.
Em vista dos argumentos apresentados, é necessário que o Governo aplique verbas destinadas aos transportes públicos na sua manutenção, acessibilidade e invista em projetos de mobilidade urbana. Ademais, que seja implantado projetos como o rodizio de veículos aonde restringe a circulação de automóveis em determinados dias e horários através do número das placas dos veículos e também o pedágio urbano com o objetivo de cobrar pedágio dos carros que circulam nas regiões centrais das cidades. Além disso que o Estado crie uma política nacional de transporte público, que invista em meios de locomoção sustentáveis, como ciclovias, trens e VLT?S (Veículos leve sobre trilhos). Assim, o deslocamento nas cidades brasileiras será mais eficiente.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!