O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

A atual mobilidade urbana no Brasil

Quando pensa-se em mobilidade urbana, logo vincula-se ao deslocamento da população pelas cidades. Desde a revolução industrial, os transportes vem evoluindo, garantindo praticidade e agilidade na locomoção dos habitantes. Porém, nos últimos 10 anos, a frota de automóveis cresceu mais de 400% no Brasil, o que gera problemas diversos, como congestionamento.

A alta concentração populacional brasileira, principalmente nas grandes cidades, ultrapassa ao que é suportado pelas vias e rodovias do país, porque a maioria não tem qualificação para lidar com a quantidade de veículos ativos, pois não cresceram na mesma proporção dos mesmos. Além do congestionamento diário, ainda há as lotações, os atrasos, a infraestrutura ruim e a alta taxa, que compõem os problemas dos transportes públicos, principalmente coletivos urbanos.

Infelizmente, esse acúmulo de veículos no mundo contribiu para poluições ambientais, devido ao uso de fontes não renováveis, como o petróleo. Este problema pode ser reduzido diariamente com o uso de transportes alternativos, como bicicletas, patins e skates. Porém, o uso desses meios de locomoção tornam-se perigosos a partir do momento em que as cidades carecem de espaços para que eles sejam utilizados. Muitos acidentes, como atropelamentos, são causados pelo transitamemento inadequado de bicicletas, por exemplo, no meio de carros e caminhões.

Portanto, é recomendável o planejamento urbano, pelos governos estaduais, que visem discussões sobre as melhorias necessárias em cada cidade, como investimentos em ciclofaixas para ciclistas, em transportes públicos e avanço de rodovias, além da reestruturação de calçadas para pedestres e cadeirantes. Assim, facilita-se a mobilidade urbana para população.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!