O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

A fragilidade da natureza foi evidenciada quando a humanidade passou a usa-la com mais fervor, durante e depois da Revolução Industrial, até os dias atuais. Em 2010, foi aprovada, no Brasil, a Politica Nacional de Resíduos Sólidos o que representa um avanço, porém ainda não é o suficiente para tornar o pais sustentável. Nesse cenário, o capitalismo surge como vilão e por ser difícil de ser superado algumas famílias se utilizam desse problema como forma de subsistência.
Segundo Zygmunt Bauman, as sociedades do século XXI estão vivendo na modernidade líquida. A falta de preocupação com o futuro e o sentimento de efemeridade transportam as pessoas para o centro do mundo capitalista, pois sem o consumo, sem o capital esse sistema não funciona. Outrossim, tudo se turno um ciclo vicioso onde o consumo é imposto e a produção de lixo é instantânea.
Vítimas do sistema, as classes mais baixas apelam para a vida em lixões e, literalmente, vivem dos resíduos do capitalismo. Dessa forma, milhares de famílias pelo Brasil estão sem nenhuma estrutura básica, indo de encontro ao artigo quinto da Constituição Federal, no qual assegura a igualdade de direitos para todos os brasileiros. Assim, a dicotomia riqueza versus pobreza torna o ciclo mais difícil de ser quebrado, pois instaurar uma política de resíduos eficiente é o mesmo que assinar a sentença de morte ou encaminhar essas pessoas para o mundo do crime, tendo em vista que o documento que rege a ordem, não está sendo cumprido.
Diante dos argumentos supracitados, Émile Durkheim explica, em seu livro As Regras do Método Sociológico, que o fator social é um modo de pensar e agir coletivo, então o sistema e os problemas sociais e ambientais, dele derivados, são de cunho social. Com isso, mudar os hábitos de descarte do lixo não ajuda por completo, deve existir um conjunto de ações a fim de melhorar a vida dos brasileiros pobres, reduzir e reciclar resíduos e mudar o senso comum, pois esse último é o que irá garantir a durabilidade das políticas ambientais. Para os dois primeiros, uma forma eficiente é o governo implantar empresas de reciclagem, por exemplo, e educação para as famílias do lixão. Ao mesmo passo que promove palestras para a população com o intuito de disseminar um novo pensamento, tanto social quanto ambiental. Assim, todos irão fazer parte de uma sociedade sustentável e melhorará a qualidade de vida daqueles que antes só sobreviviam.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!