O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

A justiça do homem como instrumento de defesa
É de conhecimento geral que no contexto em que se vive, o predomínio da violência é presente em todo o mundo e os crimes originados por ela são crescentes a cada dia e que os órgãos de defesa da sociedade não conseguem impedi-los. Nesse ínterim, a necessidade de justiça é primordial para a segurança e a reeducação da sociedade, na qual deve sempre atuar com a racionalidade e a cautela.
Sabe-se que segundo Jean Jacques Rousseau na sua obra Do Contrato Social, o homem nasce sem regras e, por conseguinte age por instinto(bom selvagem),uma vez que o ser humano só acaba a se corromper pelo contato com a sociedade. Além disso, é fato que a expressão ¨olho por olho, dente por dente¨ era muito mais eficiente do que os mais de 200 artigos da Constituição Brasileira e que persuade a sociedade agir de forma vingativa referente a uma determinada situação.
Entretanto, é irrefutável que a sociedade não admite as atrocidades realizadas por atos violentos no mundo e que os setores de segurança como, a policia, não consegue suprir a demanda de sanar os crimes como homicídios, estupros, sequestros etc, na qual ela tende a cometer certos atos para sua autodefesa e justiçar a violência com as próprias mãos. Não obstante, nota-se que o aumento dessa vertente é gerada pela desigualdade social e o tráfico de drogas.
Contudo, apesar da disseminação da violência e da má atuação de gestores judiciais, a sociedade não deve agir como os princípios relatados na obra de Rousseau( sem regra e selvagem), mas sim, com a racionalidade. Como preconizava Mahatma Gandhi ?Temos de nos tornar a mudança que queremos ver?, nesse contexto, a comunidade deve atuar junto com o governo na pratica de aplicação educacional nas periferias e centros urbanos(para diminuir a desigualdade social); regulamentar as leis e torná-las mais rigorosas para os tipos de crimes e,só assim, iniciar um processo de mudança social na qual modificará o atual cenário vivido.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!