O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

A presença do bullying nas escolas tem tomado grande proporção no Brasil. Segundo o Programa Internacional de Avaliação dos Estudantes (Pisa), aproximadamente um em cada dez estudantes é vítima de bullying nas escolas. Esses alunos sofrem agressões físicas ou psicológicas, e são alvo de piadas e boatos maldosos, sendo excluídos propositalmente pelos colegas. Tais práticas levam os jovens a depressão, ao isolamento social e hematomas graves no corpo, consequências, estas, que os conduzem a prática do suicídio.

Grande parte dos jovens pratica o bullying pelo fato de se sentirem superiores e até por medo de se tornarem as próximas vítimas. Esses que praticam tal ato, caso não recebam atendimento adequado, poderão levar para a vida adulta o mesmo comportamento antissocial, adotando atitudes agressivas no seio familiar (violência doméstica) ou no ambiente de trabalho. Vale ressaltar que muitas testemunhas também se omitem por medo de se tornarem alvos futuros. Assim, pais e professores devem ficar atentos aos alunos e na sua mudança de comportamento tanto em casa quanto na escola, que refletem em como está sua autoestima no momento.

Apesar de acontecerem, em sua maioria, dentro das escolas, os casos de bullying também podem ser combatidos com a ajuda dos responsáveis. Na série ?13 reasons why ?, os educadores tratam muitas situações como normais e não ajudam a jovem Hannah Baker como poderiam. As denúncias da menina só passam a ser vistas quando a mãe da jovem entra em um dos banheiros, vê diversos xingamentos contra sua filha escritos na parede e decide processar a escola. Logo, muitos pais demoram a perceber o que está acontecendo, pois, os filhos tem receio de falar e não ter o apoio necessário.

Portanto, o poder público, criador da lei que incentiva o combate a prática, pode fiscalizar as instituições, contratar mais psicólogos e promover treinamentos para professores, pois eles observam isso diariamente, mas não tem capacidade para lidar com essa situação. A mídia pode denunciar os casos, a fim de facilitar o trabalho do governo e, é claro, conscientizar a população. A escola, então, pode chamar os pais ao debate e, com palestras e reuniões em grupo mostrar o seu papel nessa prevenção. Só assim será possível evitar que, no Brasil, tenhamos mais figuras como a de Hannah Baker da série ?13 reasons why ?.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!