O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Iniciado na Itália, no fim do século XIV, e propagado por toda a Europa, o Renascimento foi um período marcado por intensa produção cultural que, em grande parte, somente famílias nobres e a Igreja Católica tiveram acesso. Apesar de ter ocorrido há séculos, seu caráter elitizado se faz presente no Brasil. Isto deve-se a inobservância da Constituição e a centralização de projetos culturais, o que configura um problema na sociedade.
A principio, é possível perceber que essa problemática deve-se a questões constitucionais. De acordo com a Constituição Federal de 1998, o Estado deve garantir o pleno direito e acesso ás fontes culturais. Entretanto, não é isso que se observa, visto que, segundo a Unesco, mais de 92% dos brasileiros nunca foram ao museu ou á alguma exposição de arte. Dessa forma, percebe-se a inaplicabilidade constitucional, o que corrobora a elitização cultural no País.
Além disso, cabe ressaltar que, a maioria, das apresentações artísticas ocorrem nos centros urbanos. Segundo pesquisa da Unesco, cerca de 90% dos municípios brasileiros não possuem cinema, teatro e museu. Nessa perspectiva, é inquestionável que há uma centralização dos projetos culturais no País, visto que as cidades do interior e as periferias das Capitais do Estado não possuem acesso á produção artística.
Sendo assim, é necessário a aplicação de medidas para garantir a democratização do acesso cultural. Cabe ao Governo Federal, fiscalizar a aplicação dos direitos constitucionais, por meio de dados de cada estado, com o intuito de garantir a inserção da população nos variados meios artísticos. Ademais, o Ministério da Cultura deve investir em projetos que visem levar a cultura a todos os municípios brasileiros. Assim o Brasil irá asseguras os direitos constitucionais.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!