O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

O outro

Durante a ascensão do Imperialismo, quando os europeus começaram a colonizar a África, surgiu a ideia de xenofobia. O sentimento de "ajudar" o povo dali a sair da situação, considerada pelo colono miserável, criou a ideia de superioridade persnte os nativos. Séculos se passaram e o inferior continua sendo o mesmo personagem: o colonizado que não sabe se desenvolver sozinho. Por consequência desse árduo contexto histórico, esse preconceito se desenvolve até hoje, ada dia com mais força.

Decerto, a recente crise nos países do Oriente Médio e a consequente imigração desses povos para a Europa trouxe o assunto à tona e, junto com ele, o sentimento xenófobo. A principal arma de defesa dos governos para não aceitar essas pessoas é a teoria que diz que imigrantes roubam o emprego do povo local. Entretanto, é fácil notar que os serviços praticados por estrangeiros não são nem um pouco parecidos com aqueles exercidos pelos habitantes.

Quando o sociólogo Zygmunt Baumann diz que nos acostumamos a encarar um ser humano como mera unidade estatística, ele reflete bem a postura dos países "receptores" dessas pessoas. Esses líderes políticos ignoram completamente suas necessidades e seus sentimentos como pessoas.

Primordialmente, é necessário exterminar a ideia de que o refugiado é maléfico para o desenvolvimento do país e da economia, para isso, é necessária a conscientização da população sobre a real situação dessas pessoas, por meio de telejornais e programas de tv. Além disso, é papel dos líderes desses países receber esses forasteiros, de modo a encaminha-los à funções temporárias, até conseguirem estebelecersua situação. Tudo isso para coibir o aumento do sofrimento alheio e a xenofobia.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!