O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

A relação branco e índios no Brasil desde, o primeiro contato, sempre foi sustentada por uma visão do europeu de hegemonia sobre os nativos americanos. Desse modo é pertinente reconhecer, na atualidade, a persistência do olhar desqualificador e preconceituoso dos brasileiros, aos indígenas. Nesse contexto, há dois fatores que não podem ser negligenciados, como a falta de integração da cultura desses povos nativos como parte da história do Brasil, e a insuficiência às leis criadas em defesa indígena.
Em primeira análise, cabe pontuar que o indígena e sua cultura ainda são representados na história brasileira de uma forma em que seu papel fundamental é de subordinação aos brancos. Aponta-se esses aspectos com a constante personificação do nativo em livros escolares, o relacionando majoritariamente na função de deficientes de civilidade e perdedores de sua individualidade. Esses aspectos validam a crítica à falta de integração da cultura indígena como parte da brasileira, por sustento de uma visão não tão heróica para o povo se orgulhar.
A ideia de como representar e lidar com as necessidades dos índios sempre foi um assunto cercado de dificuldades. No período conhecido pelos historiadores como República Velha, esse tema já era abordado, com a criação do SPI, Serviço de Proteção Indígena. Com o passar do anos, diversas ONGs e grupos federais foram criados, como a FUNAI, Fundação Nacional do Índio. Porém infelizmente não deve ser acreditado que com o surgimento dessas instituições, os direitos indígenas foram respeitados. É corriqueiro nas mídias informacionais notícias sobre grupos organizados que atacam aldeias para escravizar ou, então, promover o processo de ocupação de reservas para implementar atividades lucrativas, desprezando qualquer delimitação feita. Tais fatos mostram claramente a insuficiência das leis originadas aos reais nativos brasileiros.
Portanto, é coerente tentar resolver esses impasses .É preciso que nas escolas mudanças sejam aceitas, principalmente no material escolar, que deve começar a transmitir maior importância às histórias dos povos indígenas brasileiros, e para que isso seja efetuado será preciso da união de editoras, que disponibilizam as apostilas escolares, e os professores de história, que auxiliariam essas empresas à construção de uma imagem indígena que ultrapasse à subordinada. Além disso, é essencial que ocorra maior fiscalização nas áreas de reserva, sendo disponibilizada pelo exército nacional tropas, que fiquem aptos a punir qualquer grupo que tente desfigurar as leis de proteção do índio, possibilitando finalmente uma maior regulação e controle necessário para que estes povos recebam os seus direitos. Logo, pode-se considerar que, com essas mudanças, os brasileiros integrarão orgulhosamente um novo povo a sua composição étnica, terminando assim com as antigas visões empregadas desde o século XV no Brasil.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!