O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

A saúde pública brasileira já passou por diversas fases e momentos. Iniciou-se com todos os processos de sanitização, reformas essas propostas por, Pereira Passos a partir do inicio do século XX, no Rio de Janeiro. Logo em seguida, passamos por uma fase assistencialista, onde as pessoas deveriam buscar o médico quando estivessem doentes. Hoje, tenta-se de forma frustrada, implementar uma postura mais responsável com medidas, profiláticas e não apenas de remediação. Infelizmente a rede pública de hospitais na maior parte dos casos não funciona de forma adequada, o que faz com que os indivíduos sofram diariamente, uma luta por sobrevivência dentro desses postos públicos. Sendo assim, faz-se necessária uma visão mais ampla deste contexto complexo, que é a saúde brasileira.
E preciso considerar, antes de tudo, a preocupação pouco aprofundada com medidas preventivas. Um famoso cardiologista Lair Ribeiro, afirmou ?Que aquele que não tem tempo para cuidar da saúde, vai ter que arrumar tempo para cuidar da doença?. Nesse sentido, ele mostra como é necessário, trabalhar a profilaxia, seja por medidas higiênicas, garantindo uma alimentação saudável, isto é, praticando exercícios para o corpo e para a mente com a plenitude mental, conhecida midiaticamente como, ?Mindfullness?, de modo que, o indivíduo investigue a si próprio em momentos de reflexão. Caso essas medidas não sejam realizadas, serão necessárias ações de remediação, muitas mais dolorosas, e provavelmente mais custosas.
Ademais, apesar de, o Sistema Único de Saúde, tenha sido criado com o propósito de facilitar a vida de todos os cidadãos brasileiros, o mesmo é alvo de intensas críticas desses indivíduos em função da precariedade na prestação de serviço, e com a falta de recursos em todo o território brasileiro. Consequentemente, a situação piora a cada ano, principalmente, nas áreas mais afastadas, de modo especial nas comunidades mais carentes e em pequenos municípios. Além dessa população, encontrar filas extensas e falta de medicamentos, tem ainda que lidar com a falta de estrutura de muitos postos públicos, aliada a falta de profissionais qualificados, o que acaba ocasionando, em diversas mortes, e surtos de doenças, ate então obliteradas, como a Sífilis, DST, Poliomielite, entre outros.
Fica claro, portanto, a necessidade de reivindicar pela valorização da saúde publica no Brasil. Em virtude disso, e fundamental, que o Governo Federal em parceria com o Poder Midiático, propaguem em rádios, televisões e principalmente na internet, sobre a importância de um cuidado mais visível com medidas preventivas, disseminando as consequências dessa falta de cuidado, e com isso mostrar para os diversos setores sociais, que a prevenção e o melhor caminho, para ter uma vida melhor. Ademais, as autoridades governamentais, devem ainda, como medida paliativa, diminuir gastos em outras áreas, para suprir com a carente falta de estruturação na saúde, e com isso organizarem uma distribuição massiva de remédios e vacinas, e de modo consequente diminuir as epidemias locais. E talvez, com isso, não será mais preciso que ocorra outra manifestação que relembre os direitos, que já deveriam estar assegurados da população.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!