O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Após a década de 40, o uso das tecnologias cresceu no mundo, contribuindo assim, no aumento da produção de smartphones e no acesso as redes sociais pela população do planeta. No Brasil, a cada dia que passa jovens utilizam aparelhos celulares e redes sociais, o que gera preocupação pelo mau uso da tecnologia. Podemos presenciar isto, pelo aumento dos casos de crimes virtuais e prática de intolerância social, política e religiosa, em ambientes como o facebook e Instagram. Com isso, surge a problemática da prática de bullying nas escolas brasileiras, gerada principalmente pelo mau uso das tecnologias e a falta de diálogos entre os jovens, suas famílias e o ambiente escolar.

É indubitável, que o aumento do uso tecnológico pela juventude nas escolas é de grande importância, tendo em vista, a contribuição da informática para o aprendizado do aluno. Entretanto, a má utilização das ferramentas virtuais no ambiente escolar, gera atos de violência e desrespeito, causando prejuízo no processo de ensino e no contato social, o que ocasiona, no aumento das práticas de bullying e atos de suicídio de crianças e adolescentes.

Outrossim, a falta de informação nas escolas sobre os prejuízos causados pelos atos de violência virtual, ocasiona, no aumento da intolerância e na prática de crimes. Além disso, os pais não conversam com seus filhos, contribuindo assim, na falta de encorajamento das vítimas em denunciar os autores e na manutenção dos atos de intolerância e exclusão social, que vai além do ambiente escolar, tendo em vista, que os jovens estão conectados 24 horas por dia.

Desse modo, é preciso que a escola estabeleça palestras sobre o bom uso da informática, convidando professores e psicólogos para mostrar os pontos positivos e negativos, evitando o aumento dos casos de bullying no ambiente escolar. O governo estadual deve criar em cada unidade de ensino uma seção de aconselhamento com profissionais qualificados e divulgar em toda comunidade local para estabelecer visitas semanais de crianças e adolescentes, além disso, incentivar os pais para participar dessas reuniões, mostrando a importância do diálogo e estabelecer um elo de confiança com seus filhos. Dessa forma, os casos de bullying irá diminuir, evitando assim, atos de intolerância e cometimentos de crimes.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!