O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

"O ser humano é aquilo que a educação faz dele". A frase de Immanuel Kant ecoa em meio ao preocupante e pertinente problema que vive hoje o Brasil. Crianças e adolescentes fora da escola é a promessa de um futuro insatisfatório e raiz de uma sociedade inerte intelectualmente.
São nas favelas que há os maiores números de pessoas fora da escola. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), só na Rocinha, comunidade do Rio de Janeiro, há 17% de crianças de 5 à 17 anos fora da escola. Ademais, o problema torna-se maior nas favelas por a criminalidade local servir de grande influência para essas crianças não voltarem, ou nunca entrarem na escola.
O problema da evasão escolar ocorre por motivos de necessidade em muito dos casos. Segundo a
Organização Todos pela Escola, o lapso maior ocorre no ensino médio, no qual 21% dos adolescentes abandonam os estudos para trabalhar e ajudar na renda familiar. Contudo, há também deficientes fora da escola por falta de instituições preparadas, e existe a chamada "geração nem nem", que 'nem trabalha' e 'nem estuda'.
Portanto, medidas são necessárias para intervir à questão. O governo deverá preparar escolas bem estruturadas para recepcionar todos os tipos de alunos com deficiência e o Ministério da Educação irá impor que todos os professores tenham formação especial para atender a esses alunos especiais. ONGs buscarão beneficiar famílias de baixa renda, financeiramente, através de programas como bolsa-escola a fim de que crianças e adolescentes entrem na escola sem que precisem trabalhar.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!