O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Os muros invisíveis que envolvem a sociedade
Durante o período da Apartheid, na África, os espaços e as relações entre brancos e negros foram segregados. Nos dias atuais muros ideológicos semelhantes estão presentes entre as classes sociais. Isso se evidência pela imposta superioridade hierárquica dos mais ricos e, por conseguinte a marginalização dos pobres, que são menos favorecidos em diversos aspectos. Nesse sentido, convém discutir as consequências desse impasse para a busca de seu possível equilíbrio.
Nos grandes centros industriais é bastante perceptível a diferença de oportunidade entre as classes da sociedade, o que provoca separações e caracterizam uma espécie de ?Apartheid brasileiro?. Haja vista que as melhores localizações das metrópoles, as quais detém ótimas condições de higiene, alimentação e educação, são restritas aos que podem pagar pelos altos custos dessa qualidade de vida. Os mais pobres, por sua vez, são alocados nos subúrbios e favelas, lugares onde a pobreza e condições precárias de moradia são constantes.
De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, pelo menos três quartos da população pobre é negra. A má distribuição de renda e processos históricos como a escravidão,podem explicar a desigualdade social que constrói as muralhas imateriais que há na sociedade, estas são fortalecidas por preconceitos socioeconômicos, étnicos e culturais. Esse desequilíbrio social pode ser comprovado, por exemplo, no mundo do trabalho, onde os empregos de destaque são ocupados por pessoas bem educadas, em maioria ricas;. Enquanto o trabalho braçal é exercido muitas vezes por indivíduos humildes e com pouca instrução.
Segundo Immanuel kant, O homem é aquilo que a educação faz dele. Dessa forma, o Governo Federal precisa intensificar os investimentos na educação de base e ampliar os programas de acesso ao nível superior. Isso pode ser reforçado com uma fiscalização na aplicação destes recursos financeiros para diminuir possíveis desvios; para que mais pessoas pobres possam ser capacitadas a ocupar cargos de destaque no mercado de trabalho e conquistar melhores condições de vida e reconhecimento profissional, o que pode mediar transformações sociais nas comunidades mais carentes e a atenuação gradativa das desigualdades sociais que segregam as relações interpessoais.



Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!