O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Em 1992 houve o chamado Massacre do Carandiru, penitenciária de São Paulo, acontecimento que repercutiu pelas mídias nacionais e internacionais e teve como resultado 111 mortes. No começo desse ano, aconteceu a maior rebelião em presídio na história do Rio Grande do Norte, com 26 mortos. Dessa forma, o problema da estrutura e do funcionamento das Casas de Detenção persiste hoje em dia.
Embora os presídios existam para a reposição da ordem, há diversos problemas internos. Uma pesquisa realizada pela Organização das Nações Unidas (ONU) mostra que a falta segurança, o tratamento desumano e facções rivais serem colocadas juntas, são as causas de rebeliões entre os presos. Além da superlotação, um problema crônico do sistema prisional brasileiro, e condições precárias de higiene.
Logo, essa situação é impedida de ser resolvida pela falta de investimento público, ausência de organização interna, pois os critérios não são cumpridos adequadamente. Além da falta de condições básicas de saúde e tratamentos desumanos, medidas pelas quais favorecem o retorno de um ex-presidiário ao mundo do crime.
Portanto, medidas são necessárias para resolver o impasse. Assim, o Governo Federal deveria investir na extensão de cadeias para evitar a lotação, como também na organização dos detentos de acordo com seu contexto social, evitando possíveis rebeliões. Além disso, a inserção de atividades pedagógicas e práticas esportivas por ONGs auxiliaria na reinserção social dos indivíduos. O acesso à saúde pública é um direito universal, logo equipes médicas e condições básicas de higiene são imprescindíveis. De acordo com Immanuel Kant, o ser humano é aquilo que a educação faz dele, dessa maneira o Ministério da Educação deveria instituir palestras nas escolas ministradas por ex-detentos, usadas também para reinserção social.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!