O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Tema : O sistema prisional brasileiro e os seus efeitos no século XXI
Na obra "Memórias de um Cárcere",Graciliano Ramos,preso no regime novo,relatas as condições precários que vivenciou em um presídio.Atualmente,essa realidade não é muito diferente,a situação prisional brasileira é preocupante devido a superlotação,falta de condições básica de saúde,além de grande reincidência criminal.
De acordo com pesquisas,na maioria das unidades prisionais brasileiras há o dobro de presos em relação à quantidade de vagas.Essa superlotação contribui para haver más condições de higiene e saúde no ambiente carcerário.No livro "presos que menstruam",a autora aborda essa questão,relatando as dificuldades higiênicas que as presas enfrentam,pois falta atendimento médico especializado para o gênero,e até mesmo absorventes.
A reincidência criminal é acentuada nos presídios brasileiros,cerca de 70% dos presos retornam ao mundo do crime.Geralmente a reincidência ocorre devido à falta de medidas de ressocialização,além de administração inadequada das unidades prisionais,que facilitam a entrada de aparelhos eletrônicos,armas e drogas.
Realizar parcerias com empresas privadas é uma boa forma de solucionar a questão da falta de condições de saúde e reincidência criminal,pois elas em parceria com o estado podem fornecer serviços básicos de saúde e cursos de qualificação para os encarcerados.A requalificação dos agentes penitenciários também é uma boa alternativa para otimizar a administração das unidades.Além disso,é necessária a abertura de novas vagas nas prisões,através da construção de novas penitenciárias.
Segundo Chico Science,"Um passo a frente,e você não está mais no mesmo lugar".Portanto,iniciativas como parceria com empresas privadas,qualificação profissional para os presos,requalificação para o agentes penitenciários e construção de novas prisões,são válidas para solucionar o descaso no sistema carcerário brasileiro.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!