O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

No ano de 2015, uma imagem repercutiu e chocou o mundo inteiro: um menino sírio encontrado morto em uma praia na Turquia, na tentativa de sua família de fugir do país de origem, atualmente em conflito. Desse modo, tal acontecimento reflete a situação dos refugiados do Oriente, que na investida de escapar e obter segurança, são expostos a diversas circunstâncias. No entanto, de um lado algumas nações se mostram dispostas a melhorar esse retrato, outras distanciam-se do problema.
Diante das guerras, inúmeras pessoas são forçadas a migrar para outros centros urbanos já lotados e se submetem às muitas condições ruins. Dessa maneira, muitos aceitam trabalhos clandestinos, perigosos e por falta de documentações necessárias, não conseguem moradias adequadas, permanecendo assim expostos a marginalidade, discriminação, assédio e ilegalidade.
Entretanto, muitos países se recusam a ajudar imigrantes refugiados. Assim como por exemplo os EUA, visto que recentemente o presidente Donald Trump decretou a proibição da entrada de migrantes muçulmanos durante 3 meses. Logo, essa atitude implica na maior dificuldade para os demais países, pois estes receberão um número mais elevado de pessoas, podendo futuramente ocasionar em uma superlotação e má distribuição de recursos para a população.
Portanto,diante da falta de preocupação por parte de alguns países medidas são necessárias para resolver o impasse, sendo responsabilidade de todos eles, tanto ocidentais como orientais disponibilizarem a abertura de suas fonteiras e permitirem para que os refugiados tornem cidadãos legais temporariamente. Em contrapartida, a ONU permitir a criação de uma fundação que direcione recursos financeiros para ajudar tais países com os gasto na moradia, saúde e alimento desse grupo até que o contexto das guerras civis se tornem favoráveis para o retorno dos mesmos.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!