O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Brasil, o espelho da colônia?
A história do Brasil é marcada pela intensa mão de obra escrava - indígena e africana. Entretanto, quando se observa o mundo contemporâneo, percebe-se que o trabalho escravo não ficou somente nos livros de história. Nesse sentido, dois aspectos fazem-se relevantes: a ineficiência no combate a escravidão e a razão histórica da persistência de um pensamento que foi um atraso à humanidade.
A escravidão no Brasil, perdurou por séculos, até que no século XIX a princesa Isabel assinou a Lei Áurea ,libertando os escravos. Todavia, na sociedade, isso só ficou no papel, uma larga população discriminada e abandonada ainda tinha que se submeter a árduos trabalhos a fim de se manterem vivos. Isso reflete até os dias de hoje, famílias pobres trabalhando pesados parar manter a subsistência, devido a falta de qualificação ou a falta de emprego no mercado .Segundo o MTPS (Ministério do trabalho e previdência social), no Brasil, em 2015, 1010 pessoas se encontravam em situações análogas a escravidão. Em uma época que é denominada moderna, é inadmissível resquícios de uma era retrógrada, permanece até os dias atuais.
Outro fator importante, é a incapacidade do Estado em defender os direitos dos trabalhadores - assegurado na Constituição Brasileira de 1988. Leis brandas, ineficácia da comunicação entre sindicatos e trabalhadores e a falta de exposição do assunto, corroboram para um cenário de trabalho sem supervisão. Segundo o pensamento sobre a sociedade capitalista de Karl Marx, o dono dos meios de produção só está interessado no capital, independente do bem-estar do proletário. Seguindo a linha de raciocínio do filósofo, é papel do Estado proteger a relação patrão e empregado a fim de igualar os direitos de ambos.
Diante dos argumentos supracitados, é importante erradicar a escravidão no Brasil. Logo, cabe ao governo federal conscientizar a população por meio de comerciais e propagandas na internet, televisão e rádio em parceria com a mídia para alertar sobre os direitos dos trabalhadores e enfatizar a denúncia aos trabalhos desumanos. Também, é necessário integrar esse assunto nas escolas por meio de palestras com professores de história e teatros, a fim de demonstrar a dificuldade que muitos ainda vivenciam. Ademais, os representantes da população da sociedade na câmara dos deputados devem criar uma emenda constitucional para o aumento da pena para aqueles que se beneficiam do trabalho escravo. Assim, será possível formar uma sociedade com direitos devidamente exercidos e com liberdade.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!