O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Título: Meu planeta, minha vida

O debate sobre os desastres ambientais e consequências do desenvolvimento cresceu após a Revolução Industrial, devido ao uso de combustíveis fósseis, lixo industrial e emissão de gases tóxicos, causando danos já perceptíveis no planeta. Acordos e conferências internacionais, como a Conferência de Paris em 2015, vêm sendo realizadas para reduzir os impactos do desenvolvimento, mas não têm se mostrado suficientes.

É importante destacar que na sociedade capitalista as medidas preventivas e os acordos ambientais nem sempre são favoráveis à lógica do lucro e do mercado. Muitos governos e empresas priorizam a economia em detrimento do social e do meio ambiente, sendo omissos e até apoiando medidas que causam sérios danos a natureza. Nesse contexto, muitos desastres ambientas são consequências de políticas públicas fracas e iniciativas empresariais negligentes somadas a uma cultura individualista.

A humanidade vive hoje uma realidade individualista e egoísta, gerada por esse sistema capitalista. Logo, o pensamento centrado em si mesmo faz com que as pessoas não vislumbrem melhoras para o mundo como um todo. Desse modo, a maior parte da sociedade comporta-se de forma passiva e comodista, visto que ao priorizarem apenas o "eu" acabam não tendo consciência e real noção sobre os problemas ambientais e suas consequências que, direta ou indiretamente, influenciam suas vidas.

Nessa perspectiva, o meio ambienta pagará um alto preço pelo desenvolvimento caso não mude essa cultura capitalista e egoísta. O poder legislativo deve então criar leis rigorosas que tratem da prevenção e reparo dos desastres ambientais e o governo deve dar incentivos, como isenção de impostos, para empresas que busquem o desenvolvimento sustentável. Também deve ocorrer um trabalho educacional de conscientização realizado por ONGs através de palestras, propagandas e aulas, não só nas escolas, mas também em empresas e espaços públicos, visando assim sanar esses problemas e transformar a sociedade para uma cultura de mobilização e sensibilização para as questões ambientais.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!