O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Na Revolução Neolítica o homem entende a importância de ter uma alimentação com quantidades satisfatórias de alimentos e a necessidade de serem saudáveis. Isto é chamado de segurança alimentar. Depois disso em todos os períodos da história observa-se a preocupação com a alimentação. O mundo atual não escapa dessa preocupação e nem o Brasil, o país vem vencendo os índices de fome, porém está no top ranking de uso de agrotóxicos, existem escândalos na mídia envolvendo empresas alimentícias e persistem as doenças ocasionadas por carência nutricional. Os fatos levam a questionar a segurança alimentar no Brasil.

O uso de agrotóxicos aumentou a produção de grandes fazendas eliminando doenças e pragas. Com esse aumento de produção os alimentos passaram a ter um preço mais acessível logo os índices de fome caíram, no entanto o uso de agrotóxicos é prejudicial a saúde já que é capaz de exterminar doenças e pragas também será capaz de afetar quem consome. Estima-se que cada pessoa consome em média 5 litros de agrotóxicos por ano!

As grandes fazendas são os principais fornecedores de matéria prima para marcas alimentícias. Algumas dessas empresas encontram-se envolvidas em escândalos a respeito da qualidade de seus produtos. Exemplos de empresas como: Sonho de valsa, Friboi e Coca-Cola foram expostas a mídia por conterem componentes a mais em sua receita: larvas, papelão e pedaços de rato. Após os escândalos os brasileiros estão mais atentos com o que comem, mas antes disso muitos podem ter consumido algo a mais sem saber.

Os produtos processados são os mais encontrados em prateleiras. Colocam o consumidor em uma posição sem escapatória, não existe uma diversidade nas prateleiras com produtos provenientes das fazendas agroecológicas, o que causa um empobrecimento na base alimentar ao consumir exageradamente alimentos com baixo valor nutricional e altos valores de carboidratos, lipídios e saís. Implicando uma carência nutricional.

Ao brasileiro, através do artigo 6 da constituição federal foi concebido o direito social da alimentação, mas agora a preocupação se deve a qualidade dela, a segurança alimentar. Cabe ao Ministério da Agricultura através da mídia e financiamentos incentivar a agroecologia, e a criação de grandes hortas comunitárias em municípios, implicando em uma diversidade alimentar livre de agrotóxico, venenos e impostos para também torna-los acessíveis como os produtos industrializados que são mais baratos. Concessões de programas sociais com acesso a tickets para a compra de alimento para aqueles que estão em insegurança alimentar grave e também a criação de refeitórios públicos que concedem marmitas voltada a população mais carente onde estes possam ter acesso a pratos prontos por um preço mais barato ou através destes tickets.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!