O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Tema: A igualdade de gêneros em discussão no século XXI

O Ser Humano.

A desigualdade entre homens e mulheres é o maior implicante na falta de igualdade no mundo contemporâneo. As mulheres são comumente reconhecidas como seres inferiores, isto acaba por, reforçar o estereótipo de que as mulheres são apenas donas de casa. O passado nos mostrou que houve um avanço de direito e como o sexo feminino é visto, mas, não foi suficiente para extinguir esse problema no século XXI.
O homem sempre recebeu maior salário do que a mulher, mesmo os dois com empregos idênticos. O trabalho masculino se torna então privilegiado, ao ganhar mais que o feminino, esse privilégio causa revolta, deixando a obrigação das vítimas em buscar por seus direitos. A atriz, Jennifer Lawrence, criticou essa desigualdade em um artigo "Por que eu ganho menos que os homens?" onde apontou que seus três colegas masculinos onde protagonizou o filme "A Trapaça" receberam um cachê maior do que ela e a atriz, Amy Adams. Esse artigo acabou causando grandes repercussões, sobre o porquê de isso ocorrer, visto que ao não valorizar as atrizes com salários iguais, intensifica o sentimento de superioridade masculina.
Entretanto, é errado pensar que não há luta por direito. O movimento feminista vem crescendo a cada dia e diversas celebridades estão juntando-se, tanto os homens, como as mulheres, pois juntos buscam por igualdade. É o caso da atriz Emma Watson que fundou uma campanha: "HeforShe" (Ele para ela), para incentivar o apoio entre os sexos e assim vencer esse conflito. Ao envolver a ação masculina, para preocupar-se com o problema, pode encerrar o pensamento de superioridade, visto que em quase totalidade isso parte do homem.
Ademais, o homem também sofre com algumas desigualdades. Essas diferenças são principalmente criadas por fatores sociais, que tentam englobar ações de pouco com o geral. Como exemplo pode-se apontar frases que estão no senso comum: ?Os homens são autoritários e agressivos, e que não podem ser sensíveis, pois então não são homens, ou que desvaloriza o trabalho doméstico.? Contudo esses fatos podem afetar a criação dessas pessoas, dado que ao levar isso a sério, a criança absorverá toda informação que lhe foi dada, e no futuro irá originar um padrão de ideologia de desigualdade.
Portanto para resolver o impasse, é necessário começar de pouco para atingir o mundo. No Brasil, a união disponibilizar dinheiro ao MEC, para que em junção com meios de comunicação possam criar propagandas e debates sobre ?A desigualdade de gênero e como podemos resolvê-la?, tendo participação do público. Os governos estaduais investir nos tribunais, e junto com o poder judiciário buscarem a melhoria na resolução de casos de desigualdade de gênero, punindo os infratores. Além disso, os alunos e pais em conjunto com a escola da família, desenvolverem projetos sociais que tratem do assunto, onde o diálogo é a principal arma para a evolução na igualdade.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!