O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

O sistema carcerário brasileiro, em tese, ressocializa e penaliza os indivíduos que, por sua vez, tenham cometido um crime. Não obstante, na prática, as prisões são muito mais pontos de aglomeração de prisioneiros do que um lugar que reapresenta os indivíduos, certa vez infratores, à sociedade, já como pessoas que já não apresentam perigo à comunidade.
Em consequência do desespero de grande parte da população brasileira, frente ao aumento desenfreado da criminalidade hoje vivido pelo Brasil, algumas soluções são sugeridas, tais quais a pena de morte para crimes hediondos e a diminuição da maioridade penal de 18 para 16 anos. Há, claramente, extremismos por parte de alguns defensores das ideias citadas e eles são totalmente explicáveis, porém não justificáveis, já que ferem algumas clausulas dos direitos humanos.
O sistema prisional brasileiro deve passar por mudanças, para que consiga cumprir sua principal função, que é a ressocialização. Em decorrência disso, propostas educativas e artísticas poderiam, a médio prazo, fazer com que um detento reintegre a sociedade de forma segura.
Para combater a criminalidade, é preciso um esforço duplo de prevenção e "remediação", prevenindo os jovens de se apegarem a figuras atraentes presentes no crime, principalmente em sua forma organizada, nas quais muitos se espelham, incentivando-os a se aprofundarem em práticas que os mantém distantes dessas influências. Para os que já estão inseridos na população criminal, basta a contenção, cárcere e a ressocialização.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!