O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

[ESCRAVIDÃO MODERNA]
Há muito tempo, a exploração humana é feita por meio do trabalho. No período colonial, por exemplo, milhares de negros foram objetificados e forçados ao labor. Modernamente, mesmo após a Lei Áurea de 1888, aproximadamente 160 mil brasileiros vivem em situação de trabalho escravo por meio da retenção de documentos ou de ameças.
Historicamente, as conquistas da luta sindical garantiram direitos a todos os trabalhadores. Porém, o abuso de poder e a violência exercida por alguns empregadores impedem o acesso as condições salubres contidas na CLT, como férias e descanso semanal. Nesse sentido, danos físicos e psicológicos são provocados com exaustivas jornadas, em áreas como a indústria têxtil e a construção civil.
Presente em todos os estados do país, o trabalho escravo é resultado da negligência de governos e da ausência de politicas eficazes. É sabido que 72% dos explorados são analfabetos ou não concluíram o ensino fundamental, segundo a organização ´escravo nem pensar´. Dessa maneira, a falta de instrução e oportunidades contribuem para a vulnerabilidade de indivíduos que são facilmente enganados com falsas propostas de emprego. Além disso, de 1995 a 2014, somente 50 mil pessoas foram libertas, número bastante tímido diante do problema.
Portanto, a ação de vários setores socais é urgente para combater o trabalho escravo. O Ministério da Educação deve direcionar recursos para a construção de mais escolas em áreas afetadas pelo problema e realizar projetos que informem a população sobre a existência e os perigos da exploração. Soma-se a isso a compensação financeira ao trabalhador resgatado, bem como o oferecimento de condições, como alojamentos, para que não haja retorno ao trabalho insalubre. Assim a escravidão dará lugar a uma vida plena e digna a todos.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!