O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Diante da proliferação dos meios de comunicação, levanta-se em questão a forma em que esta é utilizada e para quais fins. É claro para todos que tem o mínimo acesso a presença de conteúdo sexual explícito.
O ato sexual ainda é considerado um tabu para a sociedade e talvez por isso haja tamanha falta de diálogos envolvendo o assunto entre familiares, principalmente dirigindo-se à adolescentes e jovens. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), os adolescentes são o grupo que mais utilizam a internet no Brasil. Através dessa informação é enaltecida a importância da conversação entre pais e filhos, com a participação da escola.
Ainda com tantas questões envolvendo o assunto, a conscientização relacionada às doenças sexualmente transmissíveis pode ser considerada a mais importante. Devido ao fato dos adolescentes estarem cada vez mais próximos e familiarizados com a sexualidade e também por considerarem a preservação como um ato banal, a falta de consciência, consequentemente, vem diminuindo, ficando clara assim por uma pesquisa divulgada pelo IBGE em 2017, que afirma que 66% dos adolescentes entre 13 e 15 anos tenham usado camisinha na última relação sexual, reduzindo a porcentagem do ano de 2012, onde 75% afirmaram ter utilizado o preservativo.
O diálogo, a quebra desse tabu que é considerado o ato sexual e suas questões, o maior interesse entre pais e/ou alunos podem ser pontos de extrema importância para o aumento da referência e informação sobre o assunto, trazendo assim a redução de jovens e adolescentes com doenças sexualmente transmissíveis.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!