O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

O excesso de detentos é a principal causa da crise do Sistema Prisional brasileiro. O descaso do poder público ao longos dos anos,também contribuiu para a atual estado de degradação dos presídios.
A superlotação carcerária,problema crônico no Brasil, é consequência do descompasso entre o aumento do número de presos e a capacidade dos presídios.Dados do Sistema Integrado de Informação Penitenciária( Infopen), revela um crescimento de 161% no total de presos em entre 2000 á 2014, enquanto a capacidade carcerária cresceu apenas 8% no mesmo período. Com isso acarretando situações desumanas e suscetíveis a rebeliões.
Projetos ineficientes e falta de investimentos efetivos, refletem a negligencia do poder público para com o Sistema Prisional brasileiro.Em relatório divulgado pela Controladoria-Geral da União ( CGU),menos de 5% das verbas destinadas á melhorias foram efetivamente aplicadas. Consequentemente,os problemas de infraestrutura,superlotação e alta de projetos de ressocialização agravam as condições dos detentos.
Portanto, para haver melhorias no Sistema Prisional brasileiro o Ministério do Planejamento em conjunto com as Secretárias de Justiça estaduais devem estimular e fiscalizar a criação de projetos a serem implementados de forma a fazer uso objetivo do dinheiro público.No caso da superlotação a sociedade colaborando com as ONGs deverá auxiliar a reinserir os detentos e ex-detentos no mercado de trabalho,como forma de reduzir as reincidências e estimular a busca profissional.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!