O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

O crescimento da depressão entre jovens no Brasil


A depressão no Brasil obteve grande crescimento e vem se tornando uma considerável problemática a ser combatida. Nos últimos dezesseis anos a doença obteve um crescimento de 705%, se encontrando em estado epidêmico e vitimando, em especial, jovens. O desconhecimento da patologia, com frequente preconceito, bem como a imposição de padrões sociais, são gatilhos para a disseminação da enfermidade.


Sabe-se que em pleno século XXI a depressão ainda é um tabu, o que consequentemente acarreta o desconhecimento com frequente pré-julgamento com os portadores da doença. De acordo com o psiquiatra Antônio Viola, "a internet disponibiliza grande quantidade de informações, mas quando se trata da convivência com a depressão, ainda há grande estigmatização e desinformação", o que leva os portadores da mesma a serem caracterizados como incapazes, ou até mesmo, "apeladores por atenção", assim alimentando o problema e dificultando seu tratamento .


Ademais, sendo a adolescência um período de fragilidade emocional, os padrões sociais (modismos em geral) impostos atualmente, resultam nos pensamentos de inadequação na sociedade por parte dos jovens. Na metáfora de Zygmunt Bauman, paralelamente às influências sociais atuais, "Modernidade líquida", há falta de importância (liquidez) nas relações pessoais quando comparadas a necessidade de se manter dentro de padrões , o que evidencia cada vez mais a influência dos dogmas impostos pela sociedade na condição depressiva dos jovens brasileiros.


Destarte, é evidente que o quadro depressivo atual deve ser combatido. É dever do MEC em parceria com o Ministério da Saúde (MS) elaborarem anúncios publicitários nas escolas e na própria internet em pról da consientização dos jovens quanto a depressão (seus perigos, sintomas, como tratar, autoajuda, etc).Para uma melhor orientação relativa ao assunto nas escolas, é de suma importância que os mesmos ministérios insiram profissionais que possam lidar com a situação, como psicólogos, a fim de se realizar palestras e consequente interação com os alunos para identificar, tratar e evitar a enfermidade, o que consequentemente irá diminuir o crescimento da mesma entre os jovens no Brasil.






Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!