O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Durante o ínicio da república francesa no século XVIII houve o chamado "Regime do Terror", no qual todas as questões político-sociais eram resolvidas pela violência, seja por guilhotinadas ou fuzilamentos. Paralelamente no Brasil contemporâneo, nota-se um crescente caminhar no sentido da violência quando se discute a questão da flexibilização do porte de arma de fogo aos civis, uma vez que tal medida atenta contra a liberdade individual de outrem e gera o medo no cotidiano da população. Faz-se, pois, necessária uma análise do tema em questão.


Primeiramente, é importante inferir o pensamento do vencedor do Nobel da Paz, Nelson Mandela: " Ser pela liberdade é viver de forma a respeitar e melhorar a liberdade dos outros". Nesse sentido, contrários ao pensamento de Mandela, aqueles que conseguirem o porte efetivo de armas podem se sentir no total poder, que os leva a agir de maneira autoritária contra as demais pessoas. Desse modo, um civil possuir um poder dessa natureza limita os direitos individuais das demais pessoas que não possuem armas de fogo, pois essas estarão em um regime de medo.


Além disso, vale a pena ressaltar que com um maior número de armas no território nacional, mais armas estarão disponíveis às pessoas de má-fé. Nesse contexto, casos como de Columbine nos EUA e, mais recentemente, o caso de Suzano no Brasil, nos quais jovens armados invadiram escolas e assassinaram alunos e servidores, poderão ser mais frequentes. Sendo assim, é necessário expor que desde a criação das armas de fogo na época das Grandes Navegações, a função delas é exclusivamente matar, e hoje não é diferente, ainda mais nas mãos de pessoas com más intenções.


É importante, então, coibir a flexibilização do porte de arma de fogo no país. Logo, cabe aos deputados federais votar contra qualquer medida a favor de civis portarem armas, por meio do apoio ao Estatuto do Desarmamento, a fim de garantir a integridade física e psicológica da população, e concomitantemente seus direitos de liberdade. Em suma, com as supracitações, a população poderá viver em paz e segurança, diferentemente do "Regime do Terror" da antiga França.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!