O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Em 1909, o movimento artístico e literário denominado Futurismo surgiu na Itália. Os futuristas apoiavam a ruptura total com o passado. Em sua visão, eles ressaltavam que tudo que se tinha como velho na sociedade deveria ser derrubado para dar espaço ao progresso. Tangente ao Manifesto Futurista, é necessário derrubar os cofatores e efeitos que corroboram com o comportamento narcisista excessivo na sociedade contemporânea, dentre os quais, destacam-se: a omissão da mídia e a perpetuação de condutas perniciosas e psicóticas.


Indubitavelmente, evidencia-se como entrave para resolução da problemática: a negligência da mídia perante a circunstância.Desse modo, não há muitas propagandas ou outdoors, os quais discorrem sobre o transtorno de personalidade narcisista e suas implicações discrepantes sob olhar da Psicologia, assim como os subtipos e formas de diagnóstico.Isso pode ser explicado, consoante ao filme "O Quarto Poder", na obra de ficção, o canal midiático é considerado como o quarto poder, equivalente ao Poder Executivo e Legislativo, devido ao fato de este manipular mentes, formar opiniões, suavizar fatalidades, controlar comportamentos e ações de um grande contingente de pessoas.Dessa forma, é indispensável salientar que os veículos de comunicação devem adquirir um posicionamento mobilizatório, sendo sua inércia desfavorável ao bem-estar social.


Sob outro ângulo, é possível ainda avaliar o legado circunstancial na esfera social ao analisar os estudos do psicólogo americano Theodore Millon, o qual diz que a categoria narcisismo maligno caracteriza-se por projeções comportamentais sádicas, antissociais e paranóicas.Dessa maneira, tais aspectos são refletidos em: automutilação, dependência emocional, bipolaridade exorbitante, esquizofrenia e até mesmo zoofilia.Destarte, é fundamental destacar que tal conjectura apresenta-se como nociva e preocupante, pois as pessoas acometidas pelo transtorno supracitado são extremamentes exibicionistas e patológicas diante da modernidade líquida no século XXI.


Portanto, é plausível a tomada de medidas que atenuem a discrepância da situação vigente.Logo, os ativistas de ONGs, como a "Pró-Vida", devem alertar a população acerca dos padrões interpessoais sintomáticos ou sociais do civil narcisista, sobretudo, frisar a eficácia das intervenções psicoterapêuticas e farmacológicos nos CAPS (Centro de Assistência Psicossocial).Por conseguinte, essa ação pode ser realizada a partir da divulgação de textos proativos em páginas virtuais com selos de verificação e autenticidade, como "Quebrando o Tabu", sítio eletrônico influente na internet brasileira com a marca de 2,9 milhões de engajamentos, no intuito de instigar discussões entre os cidadãos sobre a adversidade em reuniões de condomínio e comissões municipais

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!