O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

A música "Como os nossos pais", de Elis Regina, possui um pequeno trecho que diz: "o futuro sempre vem". Nessa realidade, esse trecho pode ser interpretado como a Terceira Revolução Industrial, do século XX, que trouxe grandes inovações referentes à obtenção de recursos. Desse modo, às energias renováveis, vitais para o desenvolvimento humano, encontram, no Brasil, dificuldades econômicas derivadas da falta de investimentos que corroboram para o mau funcionamento desse setor. O filósofo grego, Tales de Mileto, acredita que tudo é feito de água, todavia, o estado das hidroelétricas, no Brasil, estagna essa teoria. Dessa maneira, tal situação ressalta a realidade do país, quanto aos seus avanços tecnológicos, que demonstra uma inércia do próprio, por intermédio da falta de investimentos econômicos nos setores de energias renováveis. Tal fato é expresso na crise do apagão do dia primeiro de julho de 2001, em que o responsável por tal problemática foi a carência de fundos monetários para a reparação e fiscalização do funcionamento das hidrelétricas. Convém lembrar, também, o corte de verbas destinadas à área da ciência do Brasil, no Governo Temer, que ressalta a atitude do Poder Executivo, quanto à essa questão. Nessa perspectiva é indubitável que cortes na educação, como o contingenciamento de 2019, retardam o aperfeiçoamento da área sustentável do país pela falta de profissionais simpatizantes e adeptos à essa formação que atuam com veemência para o bem ecológico. Destarte, então, que a solução para os desafios das energias renováveis no Brasil, seja uma atenção voltada para a formação científica da população. Logo, é imprescindível que o Ministério da Ciência e Tecnologia invista em áreas acadêmicas, como as de engenharia, pelo abastecimento de equipamentos, especializados, às instituições públicas de educação, como IF's e UF's, para que infra estruturas que geram energias renováveis tenham o suporte adequado que garantem suas vidas úteis.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!