O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

A partir da década de 1930, o presidente Washington Luís, mudou o modo de escoamento da produção brasileira de caráter ferroviário para adotar o modelo de integração feito por rodovias, pois considerava este investimento mais simples e operativo. No panorama vigente, vive-se as ineficiências das infraestruturas logísticas desse padrão de fluxo de demanda, que compromete a competitividade do mercado brasileiro nos ramos internos e externos. Acerca disso, dois aspectos devem ser discutidos: a precariedade do sistema rodoviário e como seus efeitos restringem o crescimento do agronegócio no país.

A priori, é importante salientar que de acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT apenas 12,2% das estradas públicas federais, estaduais e municipais são pavimentadas e o estado de conservação insatisfatório dessas vias agravam os obstáculos da movimentação dos produtos agrícolas no país.Tais condições aumentam o custo da manutenção dos veículos, diminuem a segurança viária e estimulam o uso excessivo de combustíveis e lubrificantes. Ademais, há de considerar que a ausência de rodovias que unem a produção ao sistema portuário faz com que seja necessário o pagamento de um frete, o que ocasiona perda de renda para o fornecedor.

A posteriori, observa-se que essas conjunturas limitam a capacidade lucrativa do Brasil ,que mesmo possuindo disponibilidade de terras, clima favorável e eficácia produtiva represada, é fragilizado por falta de organização logística , pois o faturamento do produtor se torna insufiente para quitar os custos e pode por consequência motivar um endividamento. Sendo assim, é substancial que medidas sejam tomadas a fim de atenuar estas problemáticas

Em decorrência dos fatos mencionados, é mister que o Estado tome providências com a intenção de melhorar o quadro atual, para que haja um progresso exponencial na participação brasileira no mercado internacional e benefícios para o trabalhador ruralista , urge que o Ministério da Agricultura,com verbas governamentais, implementem progamas de recuperação e melhoria para nas principais rotas de escoamento de produção por meio de pavimentação de todas vias, sinalização e geometria roviáriaria adequada, além de construir percursos interligados com as áreas de embarque e desenbarque das mercadorias. Com isto, espera-se alavancar economia nacional e coibir os danos já provocados, viabilizando uma melhoria na qualidade de vida do corpo social.























Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!