O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

No livro "O Suicídio", o sociólogo Émille Durkheime, analisou que quantos maior o grau de compartilhamento de creças e valores entre membros de um grupo social, maior será o grau de solidariedade, consequentemente, a probabilidade de a ver suicídio será menor. Atualmente, o suicídio tem se tornado um dos principais problemas que o Brasil enfrenta. Esse cenário desafiador demanda a analise de dois fatores que agem como alicerce para este fato social: o individualismo e as drogas.
Em primeiro lugar, um fator importante reside na tese de que as pessoas estão vivendo tempos de "Moderninade Líquida", conceito proposto pelo sociologo Zygmunt Bauman, em que evidencia o individualismo como um dos principais problemas da sociedade atual. Em paralelo a teoria de Durkheime, o individualismo faz com que a solidariedade social fique cada vez menor, por conta do egoismo e, por isso a taxa de autocidio tende a aumentar.
Outrossim, o consumo de substâncias ilícitas e bebidas álcoólicas, impulsionam ainda mais o individualismo. Nesse sentido, a dependencia química muitas vezes dificulta o convivio social, deixando o consumidor pré disposto a inexistir. Consoante ao fato, a dependencia do álcool tornou-se ponto de discussão sendo uma das maiores causas de tentativas de suicídio pois, sobre o efeito do ácool os consumidores podem apresentar uma diminuição da capacidade de autocontrole, assim tende a adotar comportamentos agressivos.
Portanto, para que o suicídio não gere transtorno ao País, é necessário que o Governo Federal, com ações do Ministério da Saúde, promova um acompanhamento psicológico com os alunos dentro das escolas, para que os mesmos tenham uma reflexão sobre o álcoólismo precoce e as consequencias que tal substância pode causar. Além disso, Ongs precisam por meio de campanhas, palestras e debates promover uma interação entre as pessos para que elas deixem o egoismo de lado, assim melhorando o grau de solidariedade social.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!