O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Na primeira geração do romantismo brasileiro, no século XIX, a literatura exaltava a figura do índio como herói nacionalista. Fora dos livros, os nativos enfrentam diversos problemas, mesmo após avanços nos direitos desses cidadãos - como é o caso do Estatuto do Índio de 1973- os índios ainda não tem de seu papel reconhecido. Nesse contexto, a situação dos primitivos no Brasil configura um grave problema seja pela raiz histórica , seja pelo os fatores econômicos.


É primordial pontuar, de início, que a exclusão do Índio contribui para tal proplemática. Desde o período colonial, a partir do século XVI, o Índio é discriminado em virtude do pensamento portugues de soberania. No cenário atual, século XXI,não é diferente, esses povos aindam sofrem dificuldades, um desses impasses é a inserção na sociedade como cidadãos, pode-se citar casos- como registros de nomes tradicionais- que muitas vezes não são aceitos por funcionários de cartório , acarretando assim a invisibilidade dos primitivos no corpo social. Logo, o preconceito ao povo indígena se perpetua até hoje, consequência de um passado excludente.


Deve-se abordar, ainda, que fatores econômicos também influenciam a problemática. A não-demarcação de terras faz com que gere conflitos entre ídios e ruralistas, atualmente esse ultimo grupo tem tomado posse das terras com intuito de destinar grande parte a agricultura e a pecuária, ou seja, ao agronegócio, sabe-se que o agronegócio é uma atividade lucrativa e que ocupa expressivas propriedades de terras. Entre elas terras indígenas. De acordo com o portal de notícias G1, dados divulgados em 2013, mostram que quase metade dos assassinatos em conflitos por terras vitimizou ídios, o que reforça a gravidade da problemática. É inadmissível, portanto, que em um país onde tem uma constituição que garante a preservação-como também- a demarcação de terras aos nativos, não seja exercida.


Portanto, medidas precisam ser tomadas para que o índio tenha seu espaço valorizado no contexto brasileiro. Sendo assim, as Ascolas, tem a obrigatoriedade de tratar sobre esse tema mais afundo no Ensino Fundamental e Médio, através das disciplinas de História e Literatura reformulando a descrição da colonização portuguesa, para garantir o reconhecimento dos indígenas enqunto povo brasileiro. De forma analoga, o governo deve demarcar terras indígenas mais significativa e assegurar sua preservação por meio de uma fiscalização rigorosa, a fim de combater a violência. Desse modo, a relalidade possa fazer jus ao mundo indianista idealizado pelos autores do romantismo brasileiro.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!