O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Tema: O AUMENTO DE DSTS ENTRE JOVENS BRASILEIROS


Na antiguidade, os deuses costumavam fazer comemorações, e todos se relacionavam sem distinção, sendo algo comum. Desta forma, esse foi um dos motivos para o surgimento de DST´s ( Doenças Sexualmente Transmissíveis), logo, naquela época não se existia o uso de preservativos. Atualmente, ainda é constante a falta de prevenção das pessoas, mesmo com a facilidade no acesso à camisinha. Assim, é preciso analisar como a negligência na prevenção e a baixa procura por urologista e ginecologista contribuem para a persistência dessa problemática.


Primeiramente, o primeiro fator que aparece como impulsionador desse empecilho é a negligência na prevenção. Entende-se, com isso, que a grande maioria dos jovens não gostam de usar preservativo, pois ainda há um certo "tabu" na utilização de preventivos, sendo que têm grandes chances da aparição de doenças sexualmente transmissíveis, uma das mais comum é a temida HIV (aids), que pode ocasionar a morte. Em particular, Segundo o Site UOL Notícias, seis em cada dez jovens, entre 15 a 24 anos, fez sexo sem preservativo no último ano. Sendo assim, é necessário que subterfúgios sejam encontrados para que esse cenário de iniquidade não perdure.


Junto a isso, vale ressaltar que a baixa procura de médicos como: urologista e ginecologista auxilia na disseminação desse entrave no país. Nesse viés, vê-se que a falta de incentivo dos pais para levar seu filho ao profissional é recorrente, pois muitos têm receio de descobrir a vida sexual deles, deixando de lado esse assunto. Pode-se verificar um exemplo disso no Site do Bem Estar G1, argumentando que a dificuldade de pais em falar sobre sexo começa, muitas vezes, na própria vida, e acaba se estendendo aos filhos, dessa maneira, medidas são necessárias para atenuar esse empecilho.


Portanto, é imperativo que o Ministério da Saúde, que tem como função de oferecer condições de proteção e recuperação da população por intermédio de médicos, promova, em todas as escolas e universidades brasileiras, debates com o tema educação sexual, com a participação de doutores na área de saúde sexual, por meio de palestras e eventos que mostrem a importância da prevenção, uma vez que esses projetos auxiliam na melhoria do indivíduo, a fim de reduzir a questão das DST´s no Brasil e, assim, construir uma sociedade sem negligência.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!