O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Com o advento da Revolução Técnico - Científica - Informacional a partir da segunda metade do século XX, as relações globais se estreitaram e a sociedade se viu integrada a uma nova era: a da Internet. Contudo, tal cenário tecnológico não apresentou apenas benefícios, mas também trouxe consigo crimes virtuais maléficos para inúmeros cidadãos brasileiros.


Devido ao fácil acesso da população ao uso de smartphones, o crescente número de usuários de redes sociais e de aplicativos comunicativos tornou - se algo trivial na inserção do nosso meio. Entretanto, a criação de perfis e sites criou um falso sentimento de segurança, uma vez que a pessoa que está atrás de uma tela sente - se invulnerável por não estar identificada e, dessa forma, toma certa liberdade para aplicar golpes. Nessa conjuntura, cabe salientar a análise do Anel de Giges feita por Platão: o filósofo acreditava que quando alguém usasse o anel, o mesmo tornava - se invisível e, a partir disso, a sociedade poderia caracterizar o caráter desse indivíduo. No cenário cibernético, os usuários ficam "invisíveis" através de perfis e tal fato fomenta a ideia de que é permitido fazer tudo - inclusive infringir a lei.


Dentro dessa perspectiva, é notório citar a frase: "se podes olhar, vê; se podes ver, repara", em que Saramago afirma que se estamos "vendo" algum problema, devemos "repará - lo". Logo, a população deve ser educada com o intuito de usar a internet de maneira mais segura e, assim, evitar possíveis golpes. Portanto, cabe ao Estado a criação do projeto "Limites Digitais", o qual visa a introdução de palestras que mostrem os reais riscos cibernéticos a todos cidadãos do âmbito estudantil. Essa diligência deve ser baseada na Antropofagia de Oswald de Andrade, a qual alega que todas informações que nos são fornecidas devam ser "deglutidas" para que apenas o essencial delas nos fique intrínseco. Isto posto, deixa - se claro que a partir da informação fornecida à população através do projeto governamental e a "deglutição" do conteúdo digital, este torpe quadro brasileiro será "reparado".

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!