O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

O Brasil foi o último país das américas a abolir a escravidão, em 1888 quando a Princesa Isabel assinou a lei Área, que a mesma proibiria qualquer tipo de escravidão, trabalho forçado, infantil, qualquer trabalho que não apresente pagamento nem benefícios ao trabalhador. Mas esse problema sendo gravíssimo, com uma população que se diz ‘igual’, com tantas leis aplicadas, por que ainda hoje há relatos de escravidão ?


Um dos lugares mais afetados com esse problema é em grandes metrópoles e no interior brasileiro, pois com o pouco de conhecimento que homens, mulheres e crianças. acham que podem ter uma melhor qualidade de vida, saindo de suas casas e migrando para as grandes cidades ou para fazendas, consequentemente o dono da empresa ou da fazenda irá oferecer uma 'moradia' em troca de seu trabalho ,que o mesmo será abusivo, sem pagamento ou benefício algum.


A emissora Globo cobriu uma matéria que ocorreu no interior do Maranhão, em uma fazenda que possuía aproximadamente 31 trabalhadores vivendo em condições degradantes, esses não tinham nem banheiro, dormiam em um barracão de troncos e coberto com uma lona, tomavam banho e lavavam roupas e louças em um rio. Estavam em uma situação horrorosa.


Segundo a Secretaria do Trabalho, desde 1995, mais de 53 mil pessoas foram resgatadas de trabalhos análogos ao de escravos. Graças a denúncias, e ao Ministério de Trabalho que resgatou a essas pessoas e prendeu os que praticavam a escravidão, portanto se estiver afrente de um, denuncie imediatamente pois uma pessoa ‘igual’ a você não merece viver em condições como esta.


Alguma soluções para esse terrível problema, é em cada fazenda, lote brasileiro ter uma verba de salários de seus trabalhadores, ter mais pessoas colaborando denuciando quando estiverem de frente com uma situação dessa. Ter mais progamas do Governo relacioanado a escravidão, pois esse problema é terrível e a pessoa que pratica a escravidão tem que sofrer a devida justiça.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!