O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Capitães da Areia, de Jorge Amado, retrata a vida de menores infratores de Salvador, mostrando que, apesar de tudo, são apenas crianças que nunca tiveram oportunidade. Fora da ficção, é fato que a realidade apresentada pelo autor pode ser relacionada com as oportunidades que muitos jovens têm na sociedade brasileira do século XXI: a grande maioria não tem o pleno acesso a bens materiais, sociais e culturais, principalmente em virtude da má execução de políticas públicas por parte do Estado e das limitações impostas aos indivíduos pelo sistema capitalista.


Em uma primeira análise, é notável a deficiência das instituições públicas do país, com ênfase nos setores da educação e cultura. O filósofo francês Louis Bonald nos diz que "A cultura forma sábios; a educação, homens", nessa perspectiva, investir no ensino se torna algo essencial. No entanto, são perceptíveis as lacunas no sistema de educação pública brasileira, que abrange principalmente as classes menos favorecidas, tendo em vista a precariedade do ensino e falta de estrutura. Segundo dados da ONG Todos Pela Educação, 95% dos jovens que concluem o ensino médio não possuem conhecimentos básicos de matemática e língua portuguesa, além da falta do hábito de leitura, evidenciando dessa forma a ineficiência da educação oferecida aos jovens pelo Estado.


Em uma segunda análise, outro aspecto a ser abordado é a forma como a sociedade capitalista hodierna molda a vida dos jovens. Nesse panorama, a grande parte da juventude desprovida de privilégios é compelida a entrar no mercado de trabalho prematuramente, para garantia de sua subsistência, tendo pouco acesso a bens materiais considerando-se a escassez de recursos financeiros. Em contra partida, a pequena parcela mais favorecida da população jovem que possui o privilégio do tempo para se aperfeiçoar academicamente, consequentemente conquista postos de trabalhos mais altos e com maior remuneração. Portanto, é inegável que as oportunidades que um indivíduo possui estão diretamente ligadas a classe social a qual pertence.


Em virtude dos fatos mencionados, não há dúvidas de que o investimento em educação é o caminho mais eficaz e sólido para que se consiga alcançar uma melhor democratização do acesso dos jovens aos bens supracitados, de forma a reduzir nesse processo a influência do ideário de reprodução de privilégios das classes, proposto pelo sociólogo brasileiro Jessé de Souza. Diante do exposto, é necessário que o Poder Executivo melhore a infraestrutura das instituições de ensino público por via de obras, a fim de proporcionar melhores ambientes de estudo, assim como promover a qualificação dos docentes através de cursos e treinamentos visando proporcionar aulas mais produtivas e dinâmicas. Além disso, cabe ao Poder Legislativo criar leis que fomentem os alunos de baixa renda a seguir a carreira acadêmica por meio de subsídios financeiros, para que os indivíduos tenham oportunidades semelhantes aos de renda alta e possam ingressar no mercado de trabalho em melhores cargos.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!