O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

De acordo com o sociólogo Émile Durkheim, a sociedade funciona como um "corpo biológico", a qual, para ser igualitário e coeso depende das partes que o compõem. Sendo assim, no Brasil, pode-se observar uma falha nesse funcionamento, visto que o número de usuários das redes socias cresceu e como consequência os seus dados são usados pelas empresas para gerar publicidade. Nesse prisma, destaca-se dois aspectos importantes: a insuficiência de leis e o comportamento social diante do problema.


É indubitável que a questão legislativa e sua aplicação esteja entra os fatores que atenuam a problemática. A constituição Federal garante todos os indivíduos à inviolabilidade da sua privacidade. Conquanto, está lei existe apenas no papel, uma vez que os cidadões presenciam a violação desse direito com certa frequência na internet, pois, ao entrar na "web" automaticamente o seus dados são jogados para o sistema e as empresas ultiliza-o para gerar propagandas ao seu favor.


Outrossim, é notório que parte da população ignora tal questão. Segundo o portal de noticias G1, no ano de 2015, o numero de denuncias contra a divulgação de nudes sem o consentimento caiu 5% em comparação ao ano de 2014. Isso ocorre porque as pessoas, principalmente os jovens, estão cada vez mais preocupados em ganhar "curtidas" do que resguardar a sua intimidade e não se importam com a divulgação das suas fotos intímas. Desse modo, evidência que parte da sociedade é responsável pela situação.


Diante dos fatos supracitados, urge que medidas sejam tomada. Dentre elas, cabe ao Governo do Estado, regulamentar a utilização da web, e impor direitos e deveres necessários tanto para os usuários quanto para os provedores de acesso, punindo não só as empresas de comunicação, mas também a população caso haja o descomprimento da lei, a fim de que os internautas usufrua do seu direito na prática e navegue com segurança e, assim, manter o "corpo biológico" funcionando perfeitamente.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!