O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Os TIC's - Tecnologia da informação e comunicação - são um conjunto de técnicas e tecnologias necessárias para a conexão das redes sociais e internet no século XXI. Esse conceito auxilia na análise da exclusão digital no Brasil contemporâneo, visto que a falta de acesso aos equipamentos e serviçoes de internet impede que os brasileiros gozem de sua cidadania. Além disso, a barreira cognitiva corrobora com o isolamento do ciberespaço. Diante dessa perspectiva, cabe avaliar o papel do Estado perante ao quadro e o caminho para solucioná-lo.


Em primeiro plano, deve-se compreender que a falta de inclusão instrumental - posse de "smartphones", "tablets", "desktops"- e infraestrutural- acesso aos serviços de internet- acarretam uma série de problemas sociais. Nesse sentido, ao analisar o pensador Pierre Lévi sobre a definição do ciberespaço - meio de comunicação que surge da intercomunicação mundial das redes de computadores, fazendo referências, não só a infraestrutura, mas também as informações que nele habita- é notório que o contingente populacional privado desse ambiente não tem contado com os principais vetores formadores de opinião e de disseminação de informações. Com essa visão, é fundamental que todos os brasileiros tenham contado com as ferramentas e serviços operacionais, pois, como a ONU anuciou, o acesso à internet é um direito humano do século XXI.


Outrossim, apesar da aquisição dos produtos supracitados, a exclusão cognitiva também se faz presente no país. Segundo o IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, aproximadamente 24 milhões de canarinhos não se conectam à "web" devido a ignorancia com o meio técnico-científico-operacional. Sendo assim, recursos do governo como: o cadastro no ENEM- Exame Nacional do Ensino Médio- e a inscrição para o apadrinhamento de crianças são inacessíveis para esse grupo. Portanto, o letramento digital é de fundamental importância para que os direitos da carta magna sejam garantidos aos indivíduos.


Infere-se, portanto, a necessidade de compartilhar os recursos dos TIC's para alcançar uma maior demanda nacional. Sendo assim, cabe ao Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação apresentar planos de subsídeos a computadores e redes de internet, por meio da cobertura nas regiões periféricas e em pontos estratégicos das cidades - como a liberação de 'Wifi" em praças públicas- com a finalidade de garantir o acesso às ações e informações do ciberespaço, como a cibercultura e a ciberdemocracia.


Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!