O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

TEMA: "VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA E A APROPRIAÇÃO INDEVIDA DO CORPO DA GESTANTE E PARTURIENTE"


O Brasil é uma nação historicamente machista e violenta, o que é perceptível ao analisarmos a persistência nas agressôes contra as mulheres mesmo depois das recentes medidas legais, esses números sempre tendem a permanecerem nos mesmos patamares. A vioência contra as mulheres é histórica e por vezes cultural, tendo em vista ainsa a predominância de uma cultura pariarcalista.


No Brasil do Século XXI ainda é muito comum a submissão de mulheres a tratamentos por vezes desumanos e humilhantes em hospitais, seja na hora de partos ou em pré-natais, nos chamados partos desumanizados. Vale salientar que o parto humanizado não se trata apenas de parto normal e sim de um tratamento digno a parturiente. É muito comum às mulheres terem que se submeterem a procediementos sem sua autorização.


O Momento do parto deve ser um instante, o qual a mulher seja tratata com dignidade, que não seja violentada, seja fisicamente, seja psicologicamente ou emocionalmente. Deve ser um momento natural e único para a gestante que deve ter o seu corpo respeitado e nunca desrespeitado, seja por negligência, condutas excessivas e ou/ desnecessárias, onde não terá o tempo do seu corpo respeitado.


Para existir um parto humanizado é importante que haja politicas publicas voltadas para a capacitação dos profissionais que atuam nessa área, principalmente aqueles que atuam junto ao sistema unico de saúde, onde estão os maiores índíces de violência obstétrica. Assim como investimento em ambientos mais receptivos e adequados para receber as gestantes e puerpéras, além de politicas publicas voltadas à conscientização das gestantes sobres seus direitos no que diz respeito ao parto.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!