O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Tema: " O saneamento básico e a dignidade da população de classe baixa no Brasil."


De acordo com o artigo 225º da Constituição Federal de 1988, todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida.Entretanto, esse princípio não é exercido em sua totalidade, haja vista a problemática do saneamento básico e a dignidade da população de classe baixa no Brasil.Nessa perspectiva, dois aspecto fazem-se relevantes:o risco do aumento de doenças, por falta de saneamento básico e rede de esgoto, bem como o alto índice de mortalidade infantil devido à infecções.Devido a isso, medidas atitudinais e estruturais são necessárias, a fim de enfrentar a problemática da falta de saneamento básico e a dignidade da população de classe baixa no Brasil.


Nesse âmbito, de acordo com dados divulgados pelo jornal "Folha de S.Paulo", 43% da população brasileira vive em cidades sem rede de tratamento de esgoto.Segundo dados vinculados pelo mesmo Jornal, na região Norte, 90% da população vive sem serviço de saneamento básico, enquanto na região Sudeste essa parcela da população representa só 17%.Por conseguinte, é inegável o alto risco de doenças dermatológicas e problemas como diarreias na região Norte,além de fornecer condições favoráveis para a proliferação do mosquito responsável pela transmissão da Dengue, Chikungunya, Zika etc.Portanto, são necessárias , por parte do Estado, campanhas e palestras, por meio de profissionais da área da saúde, para conscientizar a população dos riscos que estão à frente.É necessário também, o uso correto do dinheiro ,por parte do Estado,na implementação de Saneamento básico nas cidades, principalmente nas regiões mais carentes do país.


Nesse contexto, é relevante ressaltar, também, a mortalidade infantil por infecções.A mortalidade infantil por infecções, é desdobramento da baixa qualidade de vida da população de classe baixa do Brasil, população do Norte por exemplo.No último ano, foram notificadas mais de 340 mil internações infantis,revelando, alem das péssimas condições de saúde, a ineficácia do Estado.Portanto, faz-se necessária, a contratação de mais médicos para hospitais de regiões de menor qualidade de vida , juntamente com a visita frequente desses profissionais da saúde às escolas, bem como o tratamento de esgoto ,juntamente com a implementação de saneamento básico, a fim de valorizar a dignidade da população de classe baixa no Brasil.Dessa forma, há a urgência de medidas que enfrentam a problemática da falta de saneamento básico e a dignidade da população de classe baixa no Brasil.


Em decorrência dos argumentos apresentados,o Estado deve fornecer mais médicos para hospitais de regiões mais carentes do Brasil, além de implementar saneamento básico nas cidades, por meio da contratação de mais profissionais que atendam nos hospitais e façam visitas frequentes às escolas para monitorar a saúde das crianças.De forma a ajudar no combate à mortalidade infantil e na implementação de saneamento básico. Só assim, o que consta no artigo 225º será plenamente exercido no país.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!